Décimo domingo do tempo comum - 07/06/2015

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
-MAIS DO QUE OS VIGIAS QUE AGUARDAM A MANHÃ, ESPERE ISRAEL PELO SENHOR, PORQUE JUNTO AO SENHOR SE ACHA A MISERICÓRDIA; ENCONTRA-SE NELE COPIOSA REDENÇÃO. - SALMO 129(130), 7
-EVANGELHO: Marcos 3, 20-35
Depois da leitura deste algumas colocações para nossa compreensão:
O evangelista Marcos contra alguns episódios que mostram parte das atribulações de Jesus: as multidões o ocupam tanto que não lhe sobra tempo para comer; seus parentes querem agarrá-lo porque acham que ficou louco; uma comitiva de doutores da lei chega de Jerusalém acusando-o de estar possuído pelo demônio. No final a presença da mãe e de seus familiares próximos que trazem alívio e apoio. Com muita atenção Jesus atende a todos que se aproximam Dele. 
Jesus expulsa o mal (demônios) pelo poder de Deus. Opor-se a Ele é pecar contra o Espírito Santo que o conduz. 
Jesus apresenta como seus verdadeiros amigos e sua família aqueles que escutam seus ensinamentos e praticam a vontade de Deus. Se aderimos à prática de Jesus, devemos também - no poder de Deus - libertar os nossos irmãos d o mal de hoje que os impedem de viver na liberdade de filhos de Deus.
-QUAIS SÃO OS MALES QUE ATINGEM NOSSO TEMPO DE AGORA?
-O QUE FAÇO PARA COMBATÊ-LOS?
-DENUNCIO AS INJUSTIÇAS E ME LEVANTO CONTRA A CORRUPÇÃO?
-BOM DOMINGO A TODOS NA PAZ DO SENHOR.


Leia Também Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente “Virtudes” é o tema da 8ª edição do calendário da APAE Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo