-Liturgia do vigésimo quinto domingo do Tempo Comum - 20/09/2015.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
-O SENHOR SUSTENTA A MINHA VIDA - Salmo 53(54),6b.
-Primeira leitura: Sabedoria 2,12.17-20
O justo desafiado diante do ímpio que não acredita na vida após a morte. Diante deste ímpio só são verdadeiros os prazeres terrenos. 
-Segunda leitura: Tiago 3, 16-4,3
Este texto nos diz que a sabedoria verdadeira não é a cultura teórica que se tira dos livros, mas é a experiencia da vida que leva a um comportamento pacífico e justo. Sábio é aquele que sempre tem algo para aprender e que semeia a paz com o seu conhecimento.
-Evangelho: Marcos 9, 30-37
Neste evangelho Jesus ensina aos discípulos a virtude da humildade contra a ganancia e a inveja. 
Jesus ao perguntar do que eles falavam durante a volta que empreenderam da cidade de Cafarnaum, se calaram. Insistindo Jesus os inquiriu novamente e disse-lhes: " Se alguém quer ser o primeiro, seja o último de todos e o servo de todos". Tomando um menino pela mão colocou-o no meio deles, dizendo: "Todo o que recebe um destes meninos em meu nome,a mim é que recebe; e todo o que recebe a mim, não me recebe, mas aquele que me enviou".
O menino é a humildade que deverão seguir ao prestar um serviço a outrem. 
Em qualquer lugar ou situação todas as tarefas são iguais em importância e valor, desde a mais simples até a mais elevada.
O ato de servir deve ser motivo de dignidade, valorização e edificação. Todos são criaturas criadas pelo mesmo e único Criador, portanto, de igual valor e nobreza. A ganância e a inveja destroem e nunca acrescentam na vida cristã. 
O relato deste evangelho é de suma importância nos dias atuais onde a disputa pelo poder e a ganância habitam em todas as esferas deste mundo. 
A sua mensagem deve servir para haver mais paz e igualdade entre todos.

Leia Também Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente “Virtudes” é o tema da 8ª edição do calendário da APAE Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo