Um papa sustentável

Postado por: Neuro Zambam

Compartilhe
Um papa em Cuba e nos Estados Unidos não é novidade. O interessante é a maior atenção para a Ilha Caribe de Cuba neste momento. São as coisas do mundo, da política e os símbolos que precisam ser entendidos.

Na ONU – Organização das Nações Unidas – ele falará sobre sustentabilidade, certamente o maior desafio político, econômico, ambiental e das relações entre os povos.

Por que o papa tem interesse sobre esse tema? A fé cristã ganha com isso ou perde?

Apenas para recordar que o fosso das desigualdades aumentou de forma desesperadora nas últimas décadas. O grave drama das migrações reforça essa constatação.

A “Encíclica Louvado Sejas” é o retrato da imagem pública do papa e das suas preocupações mais importantes neste momento.

Esse é um assunto em voga desde a década de 1970, mas toma corpo quanto maiores forem as ameaças no presente e em relação ao futuro.

Água, terra, árvores, alimentação, migração, terrorismo, futuras gerações e assim por diante. Seria um “papa pop”?

Os líderes são pessoas normais. O Papa parece um pouco mais normal. Nosso espelho, nosso líder, nosso orgulho.

Vamos reconstruir a “casa comum”.




Leia Também O que devo fazer para modificar ou ampliar a minha atividade já licenciada? Lendas, histórias e estórias A amizade é algo humano e divino! Esquerda e direita – saudades e compromisso