-DIA DE TODOS OS SANTOS - 01/11/2015.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
-A liturgia deste final de semana faz memória a todos os santos e santas. Nos questiona se somos santos ou se podemos ser santos.
Os santos de nossa devoção são pessoas que nasceram humanos como todos nós, somente ao longo de sua vivencia decidiram se dedicar totalmente ao serviço do Reino de Deus. Num dado momento de suas vidas sentiram o chamado divino e se despojaram de tudo que os prendia no campo terreno e se refugiaram no infinito amor de Deus e por Ele e por Sua causa dedicaram a sua vida. Fizeram o bem, ou pela oração ou pela ação. São muitos os santos e santas que poderíamos mencionar. Destaco aqui a Santa Teresinha, que desde muito cedo dedicou a sua vida ao claustro, por amor a Deus e seus semelhantes e rezou muito, durante a sua curta vida de 24 anos, principalmente para todos os missionários e por isso é conhecida como a Padroeira das missões e dos missionários. E assim tantos outros cujo testemunho nos leva a repensar nossa vida. 
E nós podemos, no nosso tempo, ser santos? Penso que nós todos estamos a procura da santidade. O dia a dia nos leva a muitos questionamentos e nem sempre podemos optar pelo mais correto. Ser temente a Deus, trabalhar por um mundo melhor, acolher o mais necessitados, são sinais de santidade. 
O Evangelho deste final de semana (Mt 5,1-12a.) nos traz o relato das bem aventuranças que se apresenta como um código de conduta para alcançar a santidade. Lutar por um mundo mais justo, amar o que é bom e nobre nos torna mais humanos e mais divinos: mais filhos de Deus. E o grande exemplo é JESUS, que foi "tão humano como só Deus pode ser". 
A primeira leitura do Apocalipse 7,2-4.9-14  O reconhecimento que a salvação vem de Deus e do Cordeiro. Faz menção esta leitura a festa da Eucaristia. 
A segunda leitura 1João 3,1-3. Somos filhos de Deus e ainda não se manifestou o que seremos. Dele esperamos a paz que significa todo o verdadeiro bem da humanidade. Ser filho de Deus é amá-lo como Pai.

Leia Também Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasileiro afrodescendente Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente “Virtudes” é o tema da 8ª edição do calendário da APAE Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo