-Dedicação da Basílica do Latrão. - 09/11/2015.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
-Na liturgia de ontem (09/11) a solenidade da Dedicação da Basílica de Latrão.
A basílica de Latrão é a Catedral da diocese de Roma, cujo bispo é o Papa. É considerada a igreja-mãe de todas as igrejas de Roma e do mundo. Chama-se lateranense porque originariamente foi construída no terreno da família dos Plauzi Laterani, na colina Célio. Foi o Papa Melquiades (311-314) que construiu a basílica e a dedicou ao Santíssimo Salvador. É chamada comumente Basílica de São João de Latrão, porque São João Batista foi escolhido como seu segundo titular (patrono). Depois foi acrescentado outro titular: São João Evangelista. Celebrar a dedicação da catedral do bispo de Roma é recordar o Senhor Jesus, que instituiu a igreja para reunir na unidade, sob o pastoreio de Pedro e de seus sucessores, os filhos de Deus dispersos. Somos pedras vivas da Igreja. (do livro dia a dia com o Evangelho - 2015).
Penso que é interessante  saber o porque das solenidades que a Igreja nos leva a celebrar. 
Muitas vezes desconhecemos o seu significado. 
O tema aqui abordado muitas vezes já foi ouvido e este é o seu significado. 


Leia Também Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente “Virtudes” é o tema da 8ª edição do calendário da APAE Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo