Para aumentar a segurança precisamos de justiça

Postado por: Israel Kujawa

Compartilhe
      Adaptado de:  https://www.google.com.br/#q=F    Adaptado de: https://www.google.com.br/#q=F 
A falta de segurança se apresenta como limitador do bem estar objetivo e subjetivo, gerando preocupação na vida pessoal e social. As informações sobre situações de insegurança são importantes para a integridade de todas as pessoas. No entanto, o excesso de divulgação e comercialização de informações sobre a falta de segurança contribuem para aumentar o medo e a insegurança subjetiva.

Para construir uma sociedade com mais segurança se faz necessário analisar e compreender as causas de insegurança, que não são simples e incluem vários aspectos da vida individual e social. A segurança é fruto de inúmeros fatores, um deles é a justiça ou as situações de injustiça. Uma pessoa que se sente injustiçada pode usar de recursos violentos, fazendo “justiça com as próprias mãos”.

A falta de segurança é gerada pela incapacidade do estado e do mercado em assegurar as condições materiais e psicológicas para os profissionais encarregados de dar segurança à população. Dito isto, é fato que pessoas que não tenham acesso ao conforto que julgam necessário para o bem viver, se sintam injustiçadas e passem a buscar esse conforto de forma a ferir a segurança de seus semelhantes.

Com as necessidades materiais básicas atendidas e com uma educação que possibilita o respeito das condições humanas individuais, para assegurar a igualdade de oportunidades, estaremos praticando a justiça e contribuindo para o aumento da segurança.




Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito