Liturgia do segundo Domingo da Quaresma - 21/02/2016.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
-O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? - Salmo 26(27), 1a.
Se estamos amparados com uma fé madura e firme não temeremos coisa alguma, porque sabemos que o Senhor está conosco.
Já estamos no segunda semana da quaresma e o convite continua o mesmo: "Arrependei-vos e crede no Evangelho".
Quaresma, tempo para renovar a fé, perdoar e ser perdoado e começar "vida nova".
A primeira leitura deste domingo é do livro do Gênesis 15,5-12.17-18.
A segunda leitura de São Paulo aos Filipenses 3, 17-4,1.
EVANGELHO de Jesus Cristo, segundo o evangelista Lucas 9, 28b-36.
Na Transfiguração, Jesus se manifesta aos seus discípulos e a todos nós, em todo o esplender de sua vida divina e revela a sua santidade. Este esplendor é apenas uma antecipação daquele que o envolverá na noite da Páscoa.
O desejo dos discípulos, como vemos neste evangelho, era fazer três tendas: uma para Jesus, uma para Moisés e uma para Elias e consequentemente eles também ficariam no monte. Entretanto Jesus os convida para continuar caminhando rumo a Jerusalém.
Quando ouvimos a voz do Filho de Deus em nossa oração, estamos prontos para iniciar um longo e lento caminho para nossa "transformação" ou "transfiguração"?
Na nossa transfiguração valorizamos também o nosso corpo, porque o corpo de Jesus se transfigurou. Assim sendo, sabemos que Deus valoriza nosso corpo e São Paulo afirma que somos "Templos do Espírito Santo". E como templos do Espirito Santo, cabe a nós deixar germinar e frutificar os frutos do respeito, cuidado, dignidade e perfeição da vida. 
Pensemos um pouco: que cuidados temos com nosso corpo: aceitamos as desfigurações que o tempo traz e as marcas da história de cada um? Valorizamos, em demasia, a aparência exterior e esquecemos o nosso interior? 
A Campanha da Fraternidade ecumênica deste ano de 2016, com o tema: "Casa comum, nossa responsabilidade" também nos convida e nos alerta para a "transfiguração" e os cuidados que devemos ter com o planeta. Reverter os danos causados ao meio ambiente e zelar pela vida toda. 
-BOM DOMINGO, NA PAZ DO SENHOR.-

REFLEXÃO DO EVANGELHO COM O PADRE EVANIR ROSA, DA PARÓQUIA SÃO JOSÉ, DO BAIRRO SÃO JOSÉ.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        

Reflexão sobre o Evangelho de domingo - 21/02/2016 - padre Evanir Rosa

Leia Também Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasileiro afrodescendente Igreja faz reflexão sobre a vida e a fé do brasieliro afrodescendente “Virtudes” é o tema da 8ª edição do calendário da APAE Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo