Troca-Troca partidário de Passo Fundo

Postado por: João Altair da Silva

Compartilhe

           Quanto tempo dura o troca-troca de partido em Passo Fundo? Vejo dirigentes de agremiações, do PP, do PSB, que foram contemplados com novos vereadores, comemorando o aumento de suas bancadas. Cuidado? Todos sabem que não existe fidelidade. Daqui a um ano, muitas dessas composições mudam. Quando for formar o novo governo em janeiro do ano que vem, o cenário político terá novas mudanças. Muita gente tentando se ajeitar na prefeitura.

Édison Nunes tem a cara do PP, está escrito nas testas do Corralinho e do Sidinei Ávila que eles são trabalhistas. Acabou a fidelidade partidária, embora os intelectuais estarão sempre afinados com suas ideologias. Outros não. Fiquei ouvindo na Planalto, o vereador Ávila afirmando que a esquerda quebrou o Brasil e ao mesmo tempo defendendo contratação de servidores públicos, fortalecimento do Estado, contradizendo a cartilha de seu novo partido. Não demora e começarão os choques com companheiros.

Essa ância de querer ter um partido grande, muitas vezes não funciona. O prefeito Luciano Azevedo e o ex-deputado Beto Albuquerque vivem um romance político muito afetivo nos últimos anos. Hoje o objetivo político de Beto é maior, quer integrar uma chapa à Presidência da República novamente. Mas vai que a articulação não dê certo e ambos queiram ser candidatos a deputado federal? Alguém terá que sair do PSB.

Por outro lado, o troca-troca só não foi maior porque houve muitas resistências internas, interesses individuais não permitiram outras mudanças. Políticos da naipe de Patussi, Rufa, Sidinei Avila, Gleison, se conseguirem repetir a votação, no partido que chegarem poderão abocanhar as primeiras vagas na Câmara Municipal. E mesmo sendo bem votados poderão não ajudar na legenda para aumentar o número de cadeiras. Por isso nem todos tiveram portas abertas para migração.  

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito