Memória do esporte: a história de Passo Fundo x Grêmio

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe
Olá, amigos internautas!

Nesta quarta-feira, dia 30, o Passo Fundo recebe o Grêmio de Porto Alegre para um jogo realmente bastante atrativo no Estádio Vermelhão da Serra. Pela frente, o tricolor campeão do mundo e que lidera o Campeonato Gaúcho. Ao dono da casa, são vários objetivos em campo, como a busca da primeira vitória na história contra um time principal da dupla Gre-Nal, a definição matemática da permanência na Divisão Especial e a classificação às quartas de final, além da confirmação da vaga na Série D do futebol nacional.

A história de Passo Fundo x Grêmio começou em 1987. O primeiro jogo teve vitória gremista por 4x1 no Estádio Olímpico, enquanto que no confronto de volta pelo Campeonato Gaúcho houve empate por 0x0.

Em 1989, vieram os duelos marcantes para os interesses do representante do Planalto Médio. Em um jogo praticamente perdido, sofrendo 2x0 (gols de Cristóvão e Paulo Egídio), o time conseguiu o empate por 2x2 no Estádio Olímpico, com dois gols em dois minutos (Luiz Freire e Bira). Como o regulamento previa, a disputa se estendeu para os pênaltis e deu Passo Fundo.  O resultado forçou o Grêmio a ganhar em Vacaria na última rodada por 2x1 para escapar do torneio do rebaixamento.  Valeu como sinal de alerta: o time da capital se ergueu, ganhou o Gauchão e na sequência a primeira edição da Copa do Brasil.

Ainda em 1989, houve novo empate entre as equipes no Vermelhão da Serra, então por 0x0, abrindo o octogonal final. Nas penalidades máximas, outra vitória do Passo Fundo.  Em um terceiro confronto no Olímpico, houve o placar de 1x0 para o Grêmio, com gol de Kita.

Há uma vitória a ser contabilizada pelo tricolor passo-fundense no tempo normal, o que ocorreu em 2008, por 1x0, na Copa Lupi Martins. Era, porém, o time de aspirantes do Grêmio, em confronto no CT Hélio Dourado. O gol foi marcado por Teilor, cobrando falta.

No último encontro, no ano passado, houve vitória gremista no Vermelhão da Serra por 2x0, com os gols marcados por Erazo e Pedro Rocha.

Falta ainda no histórico de 30 anos do Passo Fundo uma vitória sobre as equipes principais da dupla Gre-Nal. Sempre é muito difícil, mas a cada enfrentamento a possibilidade é reaberta.

Até a próxima. Sejam felizes, vocês merecem!

Leia Também O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito Transporte coletivo entre boatos e incertezas