Pela absolvição de Dilma e prisão de Lula

Postado por: João Altair da Silva

Compartilhe

Lula deveria ser preso e Dilma absolvida. A presidente Dilma Roussef é uma figura meio inocente nessa lama que mancha a história política brasileira. Como não tinha liderança nenhuma, nunca foi vereadora, prefeita, deputada, nem ao menos presidente de bairro, a presidente Dilma nunca teve liderança política, nem mesmo interna no Partido dos Trabalhadores. Era uma operária do partido, com seu estilo de gestora da iniciativa privada, carrancuda, dava certo em secretarias e ministérios,  foi tirada da cartola de Lula, quando ele tinha liderança, e lançada à Presidência da República. Pouco sabia do lamaçal que a companheirada estava lhe colocando.

Pegaram dinheiro da Petrobras para lhe eleger Presidente. Agora, está sujeita a pagar o preço da corrupção arquitetada pelos companheiros.  Até agora não existe informação sobre enriquecimento ilícito da mandatária. Os companheiros lhe colocaram numa cilada. Tenho pena dela.  Não sinto o mesmo pelo ex-presidente Lula. Deveria ser preso.

Como pode um cidadão que nunca foi empresário, que nunca acertou na mega sena ganhar mais de R$ 10 milhões como pseudo palestrante?  Incrível. Nenhuma grande entidade se propôs a pagar cachês milionárias por suas “palestras”. Somente a Odebrecht, comprovadamente a empreiteira mais corrupta que esse país já viu. Coincidentemente, faturou R$ 16 bilhões nos governos dele.

Outra, você compra um imóvel e daqui a pouco seu amigo se apossa dele. Usa um final de semana sim o outro não. Sai do emprego, pega toda a mudança e leva até o seu imóvel. Você compra um imóvel e quando quer ir até ele, tem de ligar para a família do amigo que seria o “frequentador” para ver se pode, como ficou comprovado nas gravações, oportunamente para o bem da nação, divulgados pelo juiz Sergio Moro.

Com a  influência de Presidente da República abre espaço para o filho tornar-se de uma hora para outra um dos maiores empresários de telefonia do país. Com sua influência libera milhões de reais de dinheiro público para uma empresa de fachada de seu filho, que nem funcionário tinha, fazer “marketing esportivo”. O cofre com 132 objetos, obra de arte, moedas, adagas e crucifixo do Planalto recebidos em visitas oficiais a outros países é mais uma prova de crime de corrupção. Isso é patrimônio público deveria ter deixado no acervo do Planalto.

Normalmente a pessoa sai da pobreza, mas essa situação fica dentro dela. O jogador de futebol, por exemplo, costuma voltar ao morro. Lula não. Esnobou. Afirmou que um triplex de 210 m/2 era pequeno para ele. Era coisa do Minha Casa Minha Vida. Mas, em fim essa postura não é crime, crime é o enriquecimento ilícito.

Se Dilma for cassada Michel Temer também deveria ser cassado. Ela deu o golpe na contabilidade nacional, pedalou, Temer também. Usaram dinheiro da Petrobrás para se eleger, inclusive, para pagar o marketeiro João Santana que está preso. Foi eleita a chapa. Os dois se beneficiaram.


Leia Também Brigada Militar deteve dois menores com revólver e moto furtada No Bairro a Bairro, prefeito anuncia nova unidade de saúde na grande Integração Jovem de Getúlio Vargas foi assassinado em Sertão Sest/Senat movimentam o Parque da Gare na manhã desse domingo