Missão dos leigos na Igreja

Postado por: Ari Antônio dos Reis

Compartilhe
Teve início no dia 06 de abril, na cidade de Aparecida - SP, a 54ª Assembleia Nacional dos Bispos do Brasil, encontro anual onde são refletidas questões pertinentes da missão evangelizadora da Igreja no Brasil.

O tema principal da referida Assembleia é a missão dos leigos sob o tema: “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade – Sal da terra e luz do mundo”. Este debate é de suma importância, visto que a ação da Igreja é na maioria das vezes protagonizada pelos leigos e leigas, pessoas que com espírito de fé e convicção, contribuem na evangelização.

Contribuem para a presença pública da Igreja, marcando presença nos diferentes setores da sociedade, dentre eles a cultura, a vida política, economia, o serviço da caridade, o que significa caminhos diferenciados de anuncio e testemunho do evangelho, seguindo o preceito do Documento de Aparecida que afirma que “os leigos significam a Igreja no coração do mundo e o mundo no coração da Igreja” (DAp 209).

Para que este serviço seja consequente faz-se necessário o preparo, o apoio, enfim as condições para que seja exercido com eficácia e zelo apostólico. A formação é tarefa de grande importância, contudo não só para a atuação nos setores internos da Igreja, mas também nos espaços de debate e decisões da sociedade.

A formação neste caso é ampla. O texto das diretrizes gerais da ação evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2015-2019) fala da necessidade de formar pensadores e pessoas que estejam nos níveis de decisão, evangelizando, com especial atenção e empenho, os novos areópagos. Cita o mundo universitário, a comunicação e outros atores sociais: empresários, políticos, formadores de opinião, dirigentes sindicais e líderes comunitários (DGAE, 118)). Tal formação segue critérios visto que a presença nos espaços acima citados se dá na perspectiva do evangelho e em vista do Reino de Deus.

Estamos em comunhão com os bispos reunidos em Aparecida – SP e com tantos homens e mulheres que investem seus dons a serviço da evangelização. Que as reflexões e proposições desta Assembleia fortaleçam o protagonismo dos leigos e leigas na missão da Igreja.




Leia Também Sustentabilidade Empresarial Semana da Família! O Fusca na guerra A visita do compadre