54ª Assembléia Geral da CNBB

Postado por: Dom Rodolfo Luís Weber

Compartilhe
A Conferência Nacional do Bispos do Brasil – CNBB – está reunida em entre os dias 06 a 15 de abril de 2016, em Aparecida, São Paulo. A Assembleia Geral é o órgão supremo da CNBB e uma expressão de colegialidade e corresponsabilidade dos bispos da Igreja no Brasil. É uma oportunidade para conhecer os colegas bispos e para partilhar as alegrias, projetos e preocupações.

Na Assembleia são tratados prioritariamente assuntos pastorais que envolvem a evangelização. Estuda-se temas referentes a missão da Igreja, análise da conjuntura religiosa e outros que necessitem de esclarecimentos e aprofundamentos. O tema central deste ano reflete sobre a missão do cristão leigo na Igreja e na sociedade. Deste estudo resultará um documento para subsidiar a Igreja.

Os cristãos católicos que formam a Igreja estão no mundo e vivem concretamente num país. A vivência da religião é influenciada pela situação social, política e econômica onde os fiéis vivem. Quando lemos o Evangelho fica claro, em tantos textos, o contexto do tempo de Jesus. Por isso que na Assembleia da CNBB também entra o estudo e o debate da situação atual. Constantemente os bispos são perguntados e questionados sobre o seu posicionamento diante de questões sociais, econômicas e políticas. A Assembleia Geral da CNBB, deste ano, reúne em torno de 360 bispos vindos de todos os Estados e regiões do país. O contato direto que cada bispo tem com as pessoas, das mais diferentes classes sociais e econômicas, possibilita fazer uma boa leitura da realidade brasileira. Além de informações que cada um traz, também testemunha o que é vivido em cada região.

A preocupação com os temas da sociedade e os problemas da vida das pessoas sempre são feitos na perspectiva da evangelização. Cuidar da vida espiritual da pessoa, significa também cuidar de todas as outras dimensões da pessoa humana. Jesus falava do Reino de Deus como projeto da nova realidade.

Nos 10 dias de Assembleia, muitas horas são destinadas para a oração. A primeira atividade do dia é a celebração da Santa Eucaristia no Santuário de Nossa Senhora Aparecida com os peregrinos, além de dois momentos de oração à tarde. O final de semana é reservado para um retiro espiritual. Os bispos têm consciência de que só poderão realizar a sua missão se forem conduzidos pelo Espírito de Deus.


Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito