-SOLENIDADE DE PENTECOSTES - 15/05/2016.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
PENTECOSTES, do grego, pentekosté, é o quinquagésimo dia após a Páscoa. Comemora-se o envio do Espírito Santo à Igreja. 
A partir da Ascensão de Cristo, os discípulos e a comunidade não tinham mais a presença física do Mestre.
Em cumprimento à promessa de Jesus, o Espírito foi enviado sobre os apóstolos. Dessa forma, Cristo continua presente na Igreja, que é continuadora de sua missão.
A origem do Pentecostes vem do Antigo Testamento, uma celebração da colheita (Êxodo 23,14), dia de alegria e ação de graças. O povo oferecia a Deus os primeiros frutos que a terra tinha produzido. 
No Novo Testamento, o Pentecostes está relatado no livro dos Atos dos Apóstolos 2,1-13 (primeira leitura deste final de semana).
Pentecostes é a coração da Páscoa de Cristo. Nele, acontece a plenificação da Páscoa, pois a vinda do Espírito Santo sobre os discípulos manifesta a riqueza da vida nova do ressuscitado no coração, na vida e na missão dos discípulos.
Podemos lembrar também as palavras do Papa Francisco na sua Exortação apostólica Evangelii Gaudium: " No Pentecostes, o Espírito faz os Apóstolos saírem de si mesmos e transforma-os em anunciadores das maravilhas de Deus, que cada um começa a entender na própria língua. Além disso, o Espírito Santo infunde a força para anunciar a novidade do Evangelho com ousadia (parresia), em voz alta e em todo tempo e lugar, mesmo contra a corrente. ...Jesus quer evangelizadores que anunciem a Boa Nova, não só com palavras, mas, sobretudo, com uma vida transfigurada pela presença de Deus". 
-Se enviais, porém, o vosso sopro, eles revivem e renovais a face da terra. Salmo 103(104),30.
Somos conduzidos pelo Espírito Santo de Deus em nossa vida onde tudo se torna novo.

Leia Também Festa de São Vicente de Paulo reuniu comunidades Papa Francisco apresenta mensagem aos novos sacerdotes Encerrada a 56ª Assembleia da CNBB Assembleia da CNBB: divulgada nota sobre as eleições 2018