Importância da Vitamina C

Postado por: Jureci Machado

Compartilhe
A vitamina C, cujo nome técnico é ácido ascórbico, é uma vitamina hidrossolúvel, ou seja, é solúvel em água. A substância foi descoberta em 1932 pelo cientista e húngaro Albert Szent-Gyöygyi. Ela não pode ser sintetizada pelos seres humanos, sendo assim, a única maneira de obtê-la é através da alimentação.

Até então, se pensava que a única finalidade era a prevenção do escorbuto , doença muito frequente no período das grandes navegações que causava fraqueza e hemorragia nas pessoas e em muitos casos até óbito, pois nessas embarcações não se consumiam nenhum tipo de frutas ou verduras.

Inclui-se na lista de benefícios dessa vitamina : Renovação da pele, resistência dos ossos ,melhora a absorção de ferro, proteção da visão e derrames, possui ação antioxidante, proteção contra gripes e resfriados.

Além desses, os últimos estudos na área da nutrição mostram a importância da vitamina C, para queima de gordura, diminuição do estresse e melhora do humor por possuir um importante fator na mitocôndria celular ( espaço da célula responsável pela respiração celular ).

Após ser ingerida, a vitamina C participa de diversas ações bioquímicas vitais para o organismo. Ela melhora o sistema imunológico, a pele, o humor e evita problemas oftalmológicos e derrames. O nutriente também conta com forte ação antioxidante, combatendo os radicais livres. 

Este nutriente pode ser obtido especialmente em algumas frutas, como a laranja, goji berry, acerola, kiwi e goiaba, e verduras, como a couve e o brócolis. 

A orientação do consumo de vitamina C por faixa etária e gênero é:
-7 a 12 meses: 50 mg
-1 a 3 anos: 15 mg
-4 a 8 anos: 25 mg
-9 a 13 anos: 45 mg
-Mulheres de 14 a 18 anos: 65 mg
-Homens de 14 a 18 anos: 75 mg
-Mulheres a partir de 19 anos: 75 mg
-Homens a partir de 19 anos: 90 mg
-Grávidas menores de 18 anos: 80 mg
-Grávidas maiores de 18 anos: 85 mg
-Lactantes menores de 18 anos: 115 mg
-Lactantes maiores de 18 anos: 120 mg

Não é em vão que no inverno época que nosso organismo mais necessita dessa vitamina a natureza nos oferece muita laranja , limão e bergamota os quais são ricos nessa vitamina. Por isso a suplementação deve ser muito bem analisada para não causar toxicidade.






Leia Também Correios está resolvendo seus problemas O time que perdeu para ele mesmo Alimentos transgênicos e potenciais riscos para a saúde Vou operar! O que fazer?