Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: avaliação positiva

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe
Olá, amigos internautas!

SÉRIE PRATA:  Mesmo sendo um empate contra o então líder fora de casa (1x1) em Lagoa Vermelha, o técnico Rodrigo Sebastiani considera que a equipe do Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil poderia ter voltado com os três pontos do confronto do último sábado. O time, apesar dos desfalques de Alemão e Esquerda, foi para cima, criou boas oportunidades. Não poderia perder e foi buscar o empate nos últimos três minutos. Agora o desafio, segundo o treinador, é fazer também boas atuações no Ginásio Capingui. O rendimento tem sido melhor longe de casa. Porém, já passou a ansiedade da primeira vitória diante da torcida, contra o Figueira, e agora o time deverá atuar bem mais solto no sábado contra a AAPF, de Augusto Pestana.

SUB-20: O Passo Fundo lutou até o fim e poderia ter conseguido o empate diante do Grêmio, de Porto Alegre, nesse domingo, no Estádio Vermelhão da Serra. O Grêmio foi mais impetuoso no início do jogo e em 24 minutos já vencia por 2x0. A partir de então, o jogo tornou-se praticamente equilibrado na tarde de domingo. O tricolor do Planalto descontou em cobrança de pênalti, muito bem executada por Rocha. Prejudicou para os lados do Passo Fundo a expulsão do lateral-direito Frank no começo do tempo final.  Quase no final, o Grêmio também ficou com dez jogadores, com o cartão vermelho, distribuído para Arthur. Em algumas chegadas, quase veio o gol de empate. Não deu, mas ainda resta a última rodada contra o Osoriense, já eliminado, para a equipe do técnico Júlio César Nunes confirmar a classificação.

GAÚCHO: Há muitos anos, o Sport Club Gaúcho não alcançava uma sequência tão marcante de vitórias. São cinco, o que dá a ele 15 pontos e a liderança na tabela da Segunda Divisão.  Após a estreia com derrota, a equipe comandou a chave.
Nesse domingo, o gol saiu apenas no final, com Dudu. Mas, valeu a persistência.  E valeu, em especial, o apoio dos torcedores que foram à BSBIOS Arena para apoiar o time com chuva e frio.

TABELA DO PERIQUITO: Faltam dois jogos para o Gaúcho: São Borja (quinta-feira, 26) e Apafut (domingo, 27).  É um returno apenas com jogos dentro de casa. Porém, há que se ressaltar que a campanha vitoriosa da primeira fase começou longe de casa, onde foram alcançadas três vitórias.

ARBITRAGEM: Após duas rodadas disputadas, o assunto "arbitragem" toma conta da repercussão dos jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol. Fica a indagação: será que os erros estão ocorrendo em demasia ou estão ocorrendo em demasia as reclamações das equipes?  O desafio, por enquanto, é encontrar um denominador comum no tocante à marcação ou não de pênaltis com a bola que toca no braço dos defensores.  Por outro lado, os árbitros terão que entender que não são os donos da verdade. Ao mesmo tempo, jogadores e treinadores precisam respeitar a autoridade do apitador e seus auxiliares.

INVICTOS: Após duas rodadas do Brasileirão, apenas dois estados se mantém invictos. São eles o Rio Grande do Sul (Inter e Grêmio) e Santa Catarina (Figueirense e Chapecoense). O Grêmio é o único clube que ainda não sofreu gol. Defensivamente, o sul do Brasil tem se garantido, exceção feita ao Paraná.

Até a próxima. Sejam felizes, vocês merecem!


Leia Também O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito Transporte coletivo entre boatos e incertezas