La Mano de Adios

Postado por: Cristian Queiroz

Compartilhe
Essa frase estampou a capa do Olé, portal de notícias esportivas da Argentina. O Olé é famoso por fazer esses “trocadilhos” e sempre que podem tocar flauta nos seus adversários, principalmente na seleção e nos times brasileiros. De fato foi a mão do adeus. Eles estão certos, só erram quando colocam como sendo de Ruidiaz a mão que eliminou o Brasil da Copa América Centenário, esse fiasco da nossa seleção passa por diversas mãos, mas principalmente pelas mãos do Dunga.

Dunga não tem experiência como técnico. Treinou a Seleção Brasileira, o Internacional e a Seleção Brasileira novamente. Em nenhuma dessas oportunidades ele fez um bom trabalho, sempre foi muito contestado. Dunga não percorreu o caminho natural para ser um grande treinador: Começar num time de base, passar para o profissional de um time pequeno, ir crescendo, aprendendo, estudando, vivendo como treinador.

Não.

Dunga foi direto para a Seleção Brasileira.

Ontem, 12, o Brasil perdeu para o Peru, foi eliminado da competição, e o time foi para o vestiário sem ter feito as três substituições possíveis. Dunga perdendo, seguiu estático, não mexeu no time. Bom, se ele não mexeu é sinal que estava gostando do que estava vendo, ou então não confiava em quem estava no banco.

Resumindo: Depois dos 7x1, tínhamos 4 anos para reorganizar a seleção até a próxima copa. Destes, dois foram perdidos. Os dois anos sob o comando de Dunga foram perdidos, não acrescentou em nada. Agora são dois anos para a próxima copa, isso se o Brasil conseguir se classificar.


Grêmio

Chega a ser chato falar de arbitragem, mas é impossível não falar. O que aconteceu em Volta Redonda no sábado foi um crime! Se o juiz expulsou o Ramiro por reclamação, porque não expulsou o Maícon, que foi muito mais incisivo nas reclamações? Porque punir diretamente com cartão vermelho o Ramiro por reclamação? E os dois jogadores do Fluminense com amarelo pelo mesmo motivo? Porque não marcar um pênalti claro para o Grêmio? Porque não marcar o toque de mão no gol do Fluminense? No mínimo, o Sr. André Luiz de Freitas Castro é um péssimo arbitro!

Mas, mesmo com tudo isso, com a pior arbitragem do campeonato, com um a menos desde o primeiro tempo, o Grêmio ainda foi pra cima e saiu na frente. É isso! Vontade de vencer, estar a fim de ganhar o jogo. E time que quer ganhar se torna muito mais difícil de perder! E o Grêmio não perdeu, empatou, era pra ter ganho, caso o árbitro não interferisse no resultado do jogo.

Já estamos na 7ª rodada e o Grêmio segue na ponta.


Gaúcho

Começou a segunda fase da segundona gaúcha, e não poderia ter começado melhor, vencendo fora de casa, 3x1 no São Borja. O Gaúcho segue a passos firmes rumo a Divisão de Acesso. Claro, futebol é futebol, mas até aqui, os número comprovam, o melhor futebol é o do Gaúcho.


Passo Fundo

Amanhã teremos as eleições no Esporte Clube Passo Fundo. Ao que tudo indica o Major Evandro Zambonatto deverá ser o próximo presidente do clube. Zambonatto fez parte da atual diretoria, mesmo não sendo uma figura tão vista dentro do Vermelhão. Que o trabalho feito até aqui tenha continuidade, que os acertos do presidente Ferrão sejam repetidos, e que os equívocos sirvam de lição para não serem repetidos.

Sorte e competência ao próximo presidente do Esporte Clube Passo Fundo.


Leia Também Falecimento de titular de firma individual causa a extinção da execução fiscal Treinamento psicológico e o efeito no grupo A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais”