Gaúcho: Verde que te quero Verde agora na decisão!

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe
Olá, grande plateia internauta!

O Sport Clube Gaúcho está de volta ao cenário das decisões estaduais. Depois que o Internacional ganhou a Divisão Especial e o Caxias ergueu a taça da Divisão de Acesso, o Periquito passa a buscar a conquista de uma das três mais importantes conquistas do futebol do Rio Grande do Sul. Agora são 180 minutos de pura emoção, diante do Guarany, de Bagé.
Chegam à decisão os donos das melhores campanhas, que conquistaram os títulos de suas chaves nas fases anteriores. Gaúcho e Guarany irão se conhecer exatamente na decisão, pois ainda não se enfrentaram.

VAGA COM EMOÇÃO: A vitória diante do Igrejinha por 1x0 neste domingo marcou uma das mais páginas mais bonitas da história do Periquito nos últimos anos. A torcida enfrentou a tarde fria para apoiar a equipe na BSBIOS Arena, diante de um adversário bem armado.  Foi uma disputa intensa até os acréscimos do segundo tempo e a vaga acabou assegurada.  Era um jogo altamente perigoso, pois um gol dos visitantes mudaria os rumos da classificação.

A QUALIDADE DO 10:  Adilson, que não atuou na primeira partida, voltou e foi decisivo. Foi o melhor jogador em campo pelas semifinais. Tornou-se o responsável por em jogada individual conduzir a bola até a finalização precisa do artilheiro Fischer, que acertou no ângulo esquerdo. Um time vencedor depende de um camisa 10. O Gaúcho tem o seu. Adilson está jogando um futebol de altíssima qualidade. O time vai precisar muito dele na decisão, contra o Guarany.

ADVERSÁRIO: O time alvirrubro de Bagé merece toda a valorização. Tem um projeto bem desenvolvido pela sua diretoria. No ano passado esteve na decisão e foi vencido pelo Marau.  Conta com uma torcida apaixonada e que certamente lotará o Estádio Estrela Dalva nesta quarta-feira.

ATOLINI;  O técnico do Gaúcho novamente demonstra a eficiência do seu trabalho. Dedicado permanentemente ao clube, foi possível encontrá-lo no início de temporada conduzindo um trator, preparando o gramado. Está conduzindo com eficiência a garotada alviverde. Faz parte de um período marcante de um clube que recentemente inaugurou seu estádio, a BSBIOS Arena e poderá fazer em casa a grande decisão.  Todos com o Gaúcho, apoiando o alviverde, que tem à frente o presidente Gilmar Rosso.

APÓS 16 ANOS:  O alviverde passo-fundense pode voltar a ganhar um título depois de 16 anos. Em 2000, a taça da terceirona foi erguida sob o comando do técnico Bebeto. A confirmação da conquista veio diante do Grêmio Santanense, no Estádio Wolmar Salton. O Gaúcho voltou forte e tem tudo para se tornar vencedor, subindo para a Divisão de Acesso.

FUTSAL: Não há como adiar a recuperação. Somente a vitória interessa para o próximo sábado, 23, no Ginásio Capingui, quando o Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil receberá a visita do Alvorada. Se os resultados fora de casa, apesar das boas atuações, não têm chegado, diante da torcida é preciso manter o bom momento. Apesar da derrota em Boa Vista do Buricá, quando houve muitas reclamações com a arbitragem, a representante passo-fundense segue entre os oito melhores. Se manter no pelotão da vaga é essencial.

Até a próxima. Sejam felizes, vocês merecem!

Leia Também A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita!