O Gaúcho

Postado por: Cristian Queiroz

Compartilhe

Ontem, 24/7, foi um domingo que ficará guardado na memoria do futebol de Passo Fundo. Acredito que para muitos vai ficar marcado como o dia em que o Gaúcho perdeu um título em casa. Sim, isso de fato aconteceu. O Gaúcho tinha tudo para sair campeão, estava com o resultado na mão, estava controlando o jogo, mas em cinco minutos de desatenção, o Guarany fez dois e levou a taça para Bagé.

Mas o dia de ontem poderá ser lembrado, também, como a primeira lotação da BSBios Arena. Deverá ser lembrado como a primeira final que o Gaúcho disputou na sua nova casa, pouco mais de quatro meses da sua inauguração.

Perder é do jogo, acontece. Mais ainda quando o seu oponente é um bom time e que havia perdido o mesmo título no ano passado.

Mas, o que precisa ser dito é que o Sport Clube Gaúcho está de parabéns!

O presidente Gilmar Rosso está de parabéns. Organizou o clube financeiramente, construiu um estádio durante sua gestão, acertou na contratação da comissão técnica para este ano. Ricardo Attolini, Marco Aurélio, Ciapparini e toda a Comissão Técnica estão de parabéns.

Dentro das dificuldades que é fazer futebol no interior do Estado, com limitação de recursos e mão de obra, o Ricardo montou um grande time, e a gurizada do Gaúcho que deixou tudo em campo em todas as partidas merece todo o reconhecimento da torcida.

E a torcida periquita deu show, lotou a Arena, incentivou o time em campo, mostrando que o Gaúcho tem torcida, que é fanática, e que não abandona o clube.

O Gaúcho está vivo, está organizado e tem tudo para viver dias muito melhores num futuro próximo.

 Grêmio

Está tudo certo, tem feito bons jogos, vitórias importantes. No jogo de ontem, o Giuliano não fez falta, nem o Luan e nem o Wallace. Só falta uma coisa para o Grêmio conseguir ser campeão deste brasileiro: Parar de perder pontos para times da parte de baixo da tabela. Com todo respeito, mas o campeão não pode perder pontos para o Vitória em casa, não pode tomar quatro gols do Sport. Portanto, nas próximas duas rodadas, contra América e Santa Cruz, seis pontos são obrigação, a não ser que o time não queira ser campeão. Dai não precisa vencer.

Mas se o Grêmio realmente tem a ambição de algo grande neste ano, não pode perder pontos nessas próximas rodadas.

Estou retornando de férias. Durante esse período de descanso até de trator eu passeei.

Leia Também Acende-se o fogo da tradição Onde estava a Bíblia? Transtorno de Personalidade Borderline Crescimento, emprego e custos de vida: o governo não entregou o que prometeu