O Gaúcho

Postado por: Cristian Queiroz

Compartilhe

Ontem, 24/7, foi um domingo que ficará guardado na memoria do futebol de Passo Fundo. Acredito que para muitos vai ficar marcado como o dia em que o Gaúcho perdeu um título em casa. Sim, isso de fato aconteceu. O Gaúcho tinha tudo para sair campeão, estava com o resultado na mão, estava controlando o jogo, mas em cinco minutos de desatenção, o Guarany fez dois e levou a taça para Bagé.

Mas o dia de ontem poderá ser lembrado, também, como a primeira lotação da BSBios Arena. Deverá ser lembrado como a primeira final que o Gaúcho disputou na sua nova casa, pouco mais de quatro meses da sua inauguração.

Perder é do jogo, acontece. Mais ainda quando o seu oponente é um bom time e que havia perdido o mesmo título no ano passado.

Mas, o que precisa ser dito é que o Sport Clube Gaúcho está de parabéns!

O presidente Gilmar Rosso está de parabéns. Organizou o clube financeiramente, construiu um estádio durante sua gestão, acertou na contratação da comissão técnica para este ano. Ricardo Attolini, Marco Aurélio, Ciapparini e toda a Comissão Técnica estão de parabéns.

Dentro das dificuldades que é fazer futebol no interior do Estado, com limitação de recursos e mão de obra, o Ricardo montou um grande time, e a gurizada do Gaúcho que deixou tudo em campo em todas as partidas merece todo o reconhecimento da torcida.

E a torcida periquita deu show, lotou a Arena, incentivou o time em campo, mostrando que o Gaúcho tem torcida, que é fanática, e que não abandona o clube.

O Gaúcho está vivo, está organizado e tem tudo para viver dias muito melhores num futuro próximo.

 Grêmio

Está tudo certo, tem feito bons jogos, vitórias importantes. No jogo de ontem, o Giuliano não fez falta, nem o Luan e nem o Wallace. Só falta uma coisa para o Grêmio conseguir ser campeão deste brasileiro: Parar de perder pontos para times da parte de baixo da tabela. Com todo respeito, mas o campeão não pode perder pontos para o Vitória em casa, não pode tomar quatro gols do Sport. Portanto, nas próximas duas rodadas, contra América e Santa Cruz, seis pontos são obrigação, a não ser que o time não queira ser campeão. Dai não precisa vencer.

Mas se o Grêmio realmente tem a ambição de algo grande neste ano, não pode perder pontos nessas próximas rodadas.

Estou retornando de férias. Durante esse período de descanso até de trator eu passeei.

Leia Também Falecimento de titular de firma individual causa a extinção da execução fiscal Treinamento psicológico e o efeito no grupo A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais”