Liturgia do 22º Domingo do Tempo Comum

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
Liturgicamente iremos até dia 13 de novembro com o Tempo Comum, quando teremos a festa de Cristo Rei do Universo e em seguida entra o tempo do Advento (preparação para o santo Natal).
A liturgia deste domingo nos convida novamente a refletir sobre nossa conduta como cristãos, seguidores de Jesus obedientes ao Seu Projeto de Amor pela humanidade. Na primeira leitura do livro do Eclesiástico 3,19-21.30-31 somos alertados a fazer tudo com doçura, humildade e convictos do bem que precisamos semear aos nossos semelhantes. A segunda leitura  do Apóstolo Paulo a comunidade dos Hebreus 12.18-19.22-24a lembra daqueles que se aproximaram da "Montanha de Sião", a "Cidade de Deus" e chegaram à perfeição. A Nova Aliança de Deus com a humanidade enviando Seu Filho Jesus nos leva a essa perfeição e salvação.
O Evangelho de Jesus Cristo, segundo evangelista Lucas 14,1.7-14 nos traz a parábola do conviva que ocupando o lugar mais importante do banquete poderá ser convidado a se retirar para o último lugar; entretanto, aquele que humildemente se aproxima e espera ser convidado a se assentar à mesa poderá e será elevado aos olhos de Deus e dos convivas.
Cabem dois questionamentos neste evangelho: O que entendemos por humildade? Custa-nos ser humildes? Penso que estas duas perguntas irão nos levar a fazer uma tomada de posição quanto ao nosso agir diante de Deus e de nossos irmãos. 
A palavra humildade deriva do latim humílis  (terra). É aquilo que está ao nível do chão, no intuito de compreender  nossa pequenez. Ser humilde é caminhar sempre na verdade. 
Jesus é o exemplo perfeito da humildade, nos chama para perto de Si, nos chama para estar com Ele, nos convida a caminhar com Ele e deixar nas mãos Dele nossa vida, inteira e confiantemente. Com certeza Ele responderá à nossa pequenez com Sua Grandeza. 
Penso que nunca deveremos terminar nossa reflexão sem antes nos lembrar da Mãe Maria que está sempre atenta à vida de seus filhos, amparando-os e guiando-os no caminho certo ao encontro de Seu amado filho Jesus.
Desejo a todos um bom domingo na paz do Senhor.

Leia Também Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita! Eu só penso naquilo!