Liturgia do 27º Domingo do Tempo Comum

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
No mês de setembro reverenciamos a Palavra de Deus e o mês de outubro nos leva a reverenciar o santo rosário. Santo João Paulo II, se referindo a oração do rosário, disse: "Com o Rosário, o´povo cristão aprende de Maria a contemplar a beleza do rosto de Cristo  e a experimentar a profundidade de seu amor,
Este vigésimo sétimo domingo do Tempo Comum nos convida a ter fé, a crescer na fé, a mover montanhas com fé, segundo evangelista Lucas 17,5-10, Os apóstolos pediram a Jesus: " aumenta-nos a fé". Podemos nos questionar: "que tamanho tem a nossa fé?" Sempre afirmamos que temos fé, em todos os momentos e propagamos isso a todos. Penso, entretanto, que nos momentos das adversidades, tristezas e dificuldades é que conseguimos medir com acerto a mesma. É nos dias sombrios da nossa vida que precisamos de uma fé sólida, robusta, como só Deus e o seu divino Espírito podem nos dar. Deus conhece nossas fraquezas e sabe que, em muitas ocasiões e acontecimentos da vida nossa fé balança e até deixa de existir. Sabemos que a fé não se mede pelo seu tamanho, mas pela sua intensidade e quantidade. Fé é uma questão de qualidade. O Senhor espera de todos uma fé sincera, viva e convicta, sem hesitações e dúvidas. A fé apoiada em Deus, tudo alcança, tudo espera, tudo suporta e principalmente uma fé capaz de transportar montanhas.
Quem tem fé é feliz, valoriza a vida, busca o Reino de Deus, sabendo que tudo o mais será dado a ele por acréscimo. 
Quais as montanhas que precisam ser removidas da nossa vida? Pensemos nisso.

Leia Também 16º Domingo do Tempo Comum. Teve compaixão Vantagens do Programa Sustentabilidade Ambiental Empresarial Um Fusca com roupa de Jipe