Liturgia do 27º Domingo do Tempo Comum

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
No mês de setembro reverenciamos a Palavra de Deus e o mês de outubro nos leva a reverenciar o santo rosário. Santo João Paulo II, se referindo a oração do rosário, disse: "Com o Rosário, o´povo cristão aprende de Maria a contemplar a beleza do rosto de Cristo  e a experimentar a profundidade de seu amor,
Este vigésimo sétimo domingo do Tempo Comum nos convida a ter fé, a crescer na fé, a mover montanhas com fé, segundo evangelista Lucas 17,5-10, Os apóstolos pediram a Jesus: " aumenta-nos a fé". Podemos nos questionar: "que tamanho tem a nossa fé?" Sempre afirmamos que temos fé, em todos os momentos e propagamos isso a todos. Penso, entretanto, que nos momentos das adversidades, tristezas e dificuldades é que conseguimos medir com acerto a mesma. É nos dias sombrios da nossa vida que precisamos de uma fé sólida, robusta, como só Deus e o seu divino Espírito podem nos dar. Deus conhece nossas fraquezas e sabe que, em muitas ocasiões e acontecimentos da vida nossa fé balança e até deixa de existir. Sabemos que a fé não se mede pelo seu tamanho, mas pela sua intensidade e quantidade. Fé é uma questão de qualidade. O Senhor espera de todos uma fé sincera, viva e convicta, sem hesitações e dúvidas. A fé apoiada em Deus, tudo alcança, tudo espera, tudo suporta e principalmente uma fé capaz de transportar montanhas.
Quem tem fé é feliz, valoriza a vida, busca o Reino de Deus, sabendo que tudo o mais será dado a ele por acréscimo. 
Quais as montanhas que precisam ser removidas da nossa vida? Pensemos nisso.

Leia Também Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita! Eu só penso naquilo!