Admito, “tô” mais preocupado com o Inter

Postado por: Cristian Queiroz

Compartilhe

Vamos gremistas, sejamos honestos, neste momento estamos muito mais preocupados, e torcendo, para que o Inter vá para a série B. E colorados, sejamos honestos, o contrário também seria verdadeiro. Acontece que, para o Inter cair, nós precisamos esquecer eles, pois ultimamente para o que torcemos nunca acontece.

Mas isso vale para o Brasileirão, na Copa do Brasil a coisa é diferente. Na Copa estamos vivos, jogamos por um empate ou por derrota por um gol desde que marcamos mais de 2 gols. O adversário é o Palmeiras, líder do campeonato que deve estar muito mais preocupado com o campeonato nacional do que com a copa. Por isso, acredito que o Grêmio será uma dos semifinalistas da Copa do Brasil.

Seria bom ver o Inter na série B, acabaria com a corneta de que só o Grêmio caiu, mas também será ainda mais importante subir no ano seguinte, tem que cair e voltar, senão o Grêmio sucumbe também e em alguns anos a dupla Grenal se transforma em Avaí e Figueirense, Atlético PR e Coritiba ou coisa do tipo, um precisa do outro grande para ser maior ainda.

Mas gremistas, sejamos honestos, hoje estamos torcendo muito mais para que o Inter caia, do que para que o Grêmio chegue ao G6. E colorados, sejamos honestos, no nosso lugar vocês fariam o mesmo.

Futsal

Que jogo, que vitória! Histórico! O Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil, já no seu terceiro ano de vida, no primeiro ano de retorno ao Ginásio Capingui, está fazendo história. Sábado conquistou a vaga para a semifinal da Série Prata no último segundo de jogo, fora de casa. Agora faltam dois jogos para subir para a Série Ouro. Se passar pelo Guarany de Espumoso e chegar à final já estará na Ouro. E isso pode acontecer, mas para isso é de extrema necessidade a presença da torcida no Capingui no sábado para a primeira partida da semifinal. Dentro de quadra a equipe está fazendo a sua parte, falta agora a torcida fazer a sua do lado de fora.

Leia Também Falecimento de titular de firma individual causa a extinção da execução fiscal Treinamento psicológico e o efeito no grupo A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais”