Economia para o bem de todos!

Postado por: Ari Antônio dos Reis

Compartilhe

Economia significa administração da casa. É a ciência que pensa a produção e distribuição de bens em benefício de todos. É sabido que o Brasil passa por uma crise econômica, também política, ética e moral profunda.

No caso da economia tem se proposto medidas para a sua resolução com consequências futuras. Destaco a PEC 241 que tem sido objeto de debates em diferentes veículos de comunicação. O referido Projeto de Emenda Constitucional estabelece um teto de gastos para o Estado relacionado a variação inflacionária do ano anterior. Terá a duração de vinte anos. Responde às cobranças do mercado financeiro, mas não contribuirá para a superação das carências da população brasileira. 

É necessário de consertar a economia do Brasil. A retração econômica e o desemprego são exemplos de que as coisas não estão bem e isto afeta todos, de forma especial a classe trabalhadora. Nossas famílias sabem o que significa o desemprego, sobretudo os pais e mães que tem uma casa para sustentar e filhos para alimentar e vestir.

Contudo há de se questionar o mecanismo assumido para o ajuste econômico. Tem se repetido que a proposta em tramitação vai afetar os gastos com a saúde e educação já abaladas pelo descaso dos poderes públicos nas diferentes esferas, mas também outras possíveis inciativas de cunho social, voltadas a população de baixa renda. O teto de gastos, caso aprovado, será argumento para a atuação limitada do Estado na esfera social. 

O ajuste econômico não pode, mais uma vez, afetar os mais pobres, já em situação difícil pelo histórico de desigualdades e injustiças do pais. É sabido que precisamos avançar muito para que se diga que somos um pais justo e igualitário socialmente.

Não se arruma a casa, missão da economia, ameaçando a sobrevivência e dignidade de boa parte de seus moradores. 

Leia Também Divisão de Acesso: avanços e retrocessos no regulamento Xiii, o Grêmio está em Dubai! Não vamos deixar o Papai Noel roubar a cena O Severino do Grêmio!