Ainda sobre o Juiz Moro e o Cunha

Postado por: Dilerman Zanchet

Compartilhe

Sérgio Moro, o Juiz Federal que travestiu-se de ídolo, e merece o título, na medida em que destrona poderosos, com ou sem barba, para alijá-los do que deveriam ter de mais caro: sua integridade moral, está sendo alvo, de novo, nas redes sociais, pelos petralhas de plantão.

Não consigo entender esta gente, sinceramente. Eles reclamavam de que Moro só perseguia o PT e não tinha determinado investigação sobre os da centro ou direita. Prefiro chamar de centro direita, pois no Brasil a maior direita é da esquerda. Sobre isso podemos falar outro dia.

A verdade é que ninguém agrada ninguém o tempo todo, mas criticar Sérgio Moro, a Justiça Federal, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal, todos os que operam na Lava-Jato, é não ter coragem, culhão ou vergonha na cara. O país afunda, charfuda na sujeira, na m... e, quando surgem pessoas assim, desprovidas de segundas intenções, para limparem o país, ou parte dele, surgem os insolventes que não aceitam isso (Nem poderiam, estão metendo a mão nos chefinhos), para criarem boatos, e gritarem “é górpi”.

Pois, uma semana depois de receber a denúncia, o juiz federal mandou prender Eduardo Cunha. Satisfez todo o povo que quer a limpeza da política. Mas alguns ainda reclamam que ele demorou para isso. Não entendem política, não entendem o direito, a Constituição e são os legítimos “falo porque tenho boca”. Fossem usar mais que os simples dois neurônios, saberiam que há de se percorrer um trâmite legal, que há de haver uma denúncia, provas, etc. E foi assim que Moro vou para a prisão de Curitiba. Sérgio Moro é um ícone. E a esquerda burra do Brasil não aceita ídolos, afora Dilma, Lula, Chavez, Guevara, etc.

Não obstante, a batata de Lula está assando. Seu afortunado filho já está fora do país. Ele será um dos próximos. Não vai adiantar fazer piquete vermelho em frente ao prédio onde ele mora.

A propósito: Foi pertinaz a mobilização dos favoráveis à Cunha, aqueles milhares de manifestantes do PT em frente à sua casa, quando chegou a Polícia. Hahahaha.

Estão virando chacota internacional. São motivos de piada. Ainda que de muito mau gosto. E mal cheirosos também.

E se o homem mais honesto do pais for preso nesta próxima semana? Haverá mais mimimi, com certeza.

Há, para fechar a semana: As manobras de quase quatro meses na aprovação  dos recursos para o FIES não rendeu resultados à esquerda burra. Foram derrotados. Quem ganhou foram os milhões (precisamente 1,5 milhão) de estudantes. O Brasil caminha para os eixos.

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito