Business Coaching: Plano de negócios para seu consultório: Como fazer?

Compartilhe

Qualquer empreendedor que se preze deveria iniciar seu negócio pela parte do planejamento. Formalmente, o Plano de Negócios é o documento que vai ter tudo o que um futuro empreendedor deve se preocupar. É claro que um empreendimento pode dar certo sem um plano inicial, sem muitos detalhes operacionais, mas as chances deste negócio perdurar, se destacar e ser bem sucedido quando comparado com os concorrentes é maior se for utilizado um Plano de Negócios.

O que é um Plano de Negócios?

Ele é um documento que representa todo o conjunto estratégico de um negócio. Desde a viabilidade até a parte operacional, tudo deve estar especificado. De onde virão os recursos financeiros, como serão buscados os clientes, como eles serão mantidos, a visão e a missão do negócio, as especificações produtivas, tudo deve ser detalhadamente mostrado em um Plano de Negócios.

Ele serve para, no caso de negócios já em atividade, orientar no processo de expansão das atividades já realizadas. No caso de empresas que ainda não iniciaram suas atividades, ele já deverá deixar claro como fazer isso dar certo. Além de organizar todos os procedimentos para que uma nova entidade empresarial tenha as atividades iniciadas, o Plano de Negócios apoia a gestão, indicando números úteis ou estratégias a serem seguidas.

Como fazer um Plano de Negócios para um consultório?

Várias preocupações devem ser consideradas para o caso de um consultório. Iniciando-se com o sumário executivo, que deve ser produzido com as áreas de atuação do consultório, a forma específica de pagamento de tributos, além da definição do tipo societário a ser utilizado pela entidade. De onde virão os recursos financeiros, se de sócios ou de terceiros e a participação de cada um, além da quantidade de associados é outro ponto que deve ser abordado em neste sumário.

Na sequência, deve ser realizada uma análise detalhada do mercado: concorrentes, fornecedores, pacientes, região onde será instalado o consultório, etc. Vários detalhes, que incluem até mesmo o mapeamento geográfico, definindo se o bairro escolhido é bom tanto para os clientes quanto para o desenvolvimento dos serviços.

Os investimentos em marketing devem ser outra preocupação. Enquanto não se está consolidado em um mercado ou no início das operações é fundamental ter preços diferenciados e uma boa divulgação. A estrutura física também é um detalhe importante, pois os procedimentos que serão realizados no consultório devem ser definidos, assim como a busca por profissionais adicionais, se for o caso e de outros funcionários de suporte, como secretária e auxiliar de serviços de limpeza.

Por fim, as finanças devem ser uma preocupação de qualquer Plano de Negócios. O capital de giro, os gastos pré-operacionais, expectativa de faturamento e de custos de procedimentos médicos, tudo deve estar registrado lá. A lucratividade é algo que não deve ser esquecida, pois disso dependerá a longevidade dos serviços oferecidos.

São diversas as variáveis que devem ser consideradas para a confecção de um Plano de Negócios para um consultório, mas essa tarefa pode ficar mais fácil com ajuda especializada. Busque um profissional habilitado para ajudá-lo na elaboração e faça com que o seu consultório tenha mais chances de se destacar.

Caso precise de alguma orientação mais específica e personalizada é só entrar em contato pelo e mail: vaniacarteli@gmail.com e site: www.vaniacarteli.com para juntos construirmos plano de negócio. Um forte abraço e muito sucesso e prosperidade para você.

Leia Também 16º Domingo do Tempo Comum. Teve compaixão Vantagens do Programa Sustentabilidade Ambiental Empresarial Um Fusca com roupa de Jipe