Momento de o Passo Fundo conhecer a fórmula e apoio da Federação no Gauchão 2017

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe
Nesta semana que se inicia as atenções se voltam para a definição da fórmula e do regulamento do Campeonato Gaúcho de Futebol, o Gauchão de 2017. O Esporte Clube Passo Fundo conhecerá a competição em que estará presente, agora finalmente com o número ideal de agremiações estabelecido pela Federação.
Finalmente, o campeonato passará a ser disputado sem a queda de três clubes, que é um processo muito desgastante para a realidade especialmente das agremiações do interior. Muito grande era o sacrifício dos dirigentes em disputar também a única vaga da Divisão de Acesso. No mesmo contexto apareceu  o Sport Clube Gaúcho, que, como vice, não pode ser promovido em 2016 da terceirona.
Não haverá, pelo que se indica, o montante de dinheiro do ano passado, em função da crise financeira e o recuo por parte dos investidores. Mesmo assim, é possível pelo valor oferecido se armar uma equipe competitiva.
Para os interesses do Passo Fundo se tem um técnico definido com antecedência, o experiente Paulo Porto, e as contratações estão sendo anunciadas. Começa sua caminhada uma nova diretoria, que tem à frente o presidente Evandro Zambonatto. Tudo o que a torcida e a crônica esportiva esperam é que seja uma temporada bem menos angustiante, pelo menos no início. O tricolor tem feito boas participações, mas com largadas preocupantes. Os pontos desperdiçados na largada estão custando a ausência nos campeonatos nacionais do segundo semestre.
Espera-se que em 2017 a bola role o ano inteiro no Vermelhão da Serra. Todos têm essa expectativa, até mesmo para se estabelecer um vínculo maior com os torcedores. No atual segundo semestre, o estádio apenas está recebendo os jogos das categorias de base e da Primeira Divisão do futebol amador. Nesse sentido, os parabéns à equipe do Vila Real, que conquista o título municipal.

Até a próxima! Sejam felizes, vocês merecem!

Leia Também A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita!