Simplesmente... Kart!

Compartilhe

Fantástico, maravilhoso, espetacular, emocionante. Faltam adjetivos para expressar as sensações proporcionadas pela Copa Gaúcha de Kart, que aconteceu neste final de semana no kartódromo da Roselândia, em Passo Fundo – RS.

O tempo, novamente exigiu das equipes e pilotos, um acerto preciso e uma pilotagem “certeira”. O sol de sexta, a chuva no sábado e, “os dois”, no domingo, proporcionaram emoções ímpares nas corridas.

As tomadas tempo ocorreram sob água e com pneus de chuva, porém, as baterias sob sol e pneus slick. Os grids exalavam emoção, adrenalina e muita tensão. A categoria Mirim/Cadete contou com 12 pilotos, a categoria 125 TAG com 16 competidores e a Fireball Jr, com 7.

O público que prestigiou o evento foi presenteado com ferrenhas batalhas em busca das melhores posições, seja ela na ponta da frente ou no pelotão de trás. Foi incrível o que as crianças fizeram na categoria cadete/mirim. A disputa pela primeira posição, em ambas as baterias, foi do início ao fim. A emoção tomou conta do Kartódromo até a última curva, quando, a menina, Antonella Bassani (#2) fez a ultrapassagem para vencer a prova. O público foi ao delírio. Heitor Dall Agnol (#111), que vinha liderando a prova desde o começo e, foi atrapalhado por um retardatário na última volta, não resistiu ao choro. As crianças guiaram muito e fizeram uma corrida de “gente grande”.

Na 125 TAG não foi diferente. Desde a largada a corrida foi intensa. Muitas ultrapassagens e disputadas acirradíssimas marcaram as duas baterias (e os karts), levantando o público que, além da adrenalina do ronco dos motores, ainda contou com a “companhia” do entusiasta narrador Chiclé. Claudio Ricci, o Cacau, se fez presente na prova e, igualmente, batalhou muito para buscar posições. Ele (#4), Joao Lucas Batistella (#50), Hélio A. Filho(#14) e Diego Burlamaque (#44) se envolveram em um “toque” na penúltima da volta, deixando o caminho livre para o, Marauense, Rafael Bertosso (#195) vencer.

Sem dúvida o Kart Clube de Passo Fundo retoma e, alavanca, o kartismo da cidade e do Estado. A parceria firmada com o Farroupilha Kart Clube, Velopark e SPR Light, foi um sucesso.  Competidores de Santa Catarina, especificamente, Chapeco, estiveram presente. O Kart Clube, juntamente com a federação Gaúcha de Automobilismo, pilotos e o público, prestaram uma grande homenagem a tragédia ocorrida com a equipe da Chapecoense. Emocionante. #forçachape

Visitem o Kartódromo!

 

Leia Também A periferia como lugar de atenção da Igreja Católica de Passo Fundo Orgulho Gaúcho O que é um Seminário? Municípios receberão R$ 44 milhões para salas de vacinação