Alimentos que ajudam a desintoxicar o organismo

Postado por: Jureci Machado

Compartilhe

Nessa época do ano são comuns as confraternizações entre amigos, regados a cardápios elaborados contendo alta quantidade de açúcares, gorduras e sal como: embutidos, salgadinhos, doces, refrigerantes , bebida alcoólica entre outros , onde o excesso facilita o acúmulo de  resíduos  tóxicos  .

Essa toxicidade se manifesta através de alguns sintomas  como: náuseas, falta de apetite, vômitos, diarreia, dor de cabeça,  e inchaço   são como um “grito por socorro”. A desintoxicação alimentar é um processo de eliminação dos excessos e das toxinas, estas são substancias nocivas geralmente encontradas em corantes, adoçantes, aditivos, conservantes e até na poluição, e deve ser feita independente da alimentação que você está habituado, pois renova o funcionamento fisiológico do aparelho digestivo, aumenta a vitalidade e a energia de forma natural e saudável.

Além de eliminar as toxinas  a dieta ainda trás outros benefícios, tais como, ativar a circulação, reforçar as defesas do organismo, retardar o envelhecimento, prevenir infecções, limpar o intestino, aumentar a vitalidade e reduzir peso. Dentre todos os alimentos já estudados destacam-se:

Abacaxi: É diurético, desobstrui o fígado e facilita a digestão, especialmente de carnes.

Arroz integral: Rico em fibras, e faz o intestino funcionar melhor favorecendo a eliminação das toxinas.

Maçã: Assim como o arroz integral é rica em fibras que funcionam como uma esponja nas artérias. Recomendada nas afecções de rins, bexiga e estômago. Antiácidas, ativam o fígado e dissolvem o ácido úrico.

Melancia: Tem propriedade refrescante e diurética, ao ser batida com gengibre se torna um poderoso suco desintoxicante.

Laranja: Rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B, tem ação desintoxicante e auxilia no funcionamento intestinal, principalmente se ingerida com o bagaço. Ajuda o sistema nervoso a trabalhar adequadamente, é relaxante muscular, combate o stress, dá energia e ainda hidrata e previne a fadiga.

Gengibre: Rico em fibras, usado como um alimento digestivo e refrescante, estimula e digestão, ativa o metabolismo e alivia a constipação intestinal, contem quantidades de cálcio, ferro, potássio, vitamina C, magnésio e fósforo.

Cenoura: É uma legume rico de vitamina A,  minerais (como fósforo, potássio, cálcio, cloro, sódio) e vitaminas do complexo B. Contribui para a visão, pele e mucosas. Crua e ralada, limpa os dentes e desenvolve músculos mastigadores, indispensável para gestantes, pois melhora e aumenta o volume sanguíneo e a produção de leite, além de prevenir o câncer de mama e proteger o coração.

Berinjela: Possui ação digestiva, laxante e nutritiva, indicada para prisão de ventre e indigestão.

Hortelã: Rica em vitaminas A, B e C, e minerais, é utilizada em chás, saladas e preparações em geral.

Tomate: Contém antocianina e licopeno, um alimento eficaz contra o câncer de próstata e que estimula a circulação sanguínea.

Uma alimentação em  que você adote hábitos alimentares mais saudáveis e elimine gorduras e açucares em excesso, além da prática de exercício físico e regados  muita água  é fundamental para ter  qualidade de vida.

Leia Também Ministério da Saúde libera recursos para o Qualifar-SUS Alimentos ricos em Potássio Nossa Senhora da Conceição Advento: Esperar com esperança