O Natal é de Jesus!

Postado por: Ari Antônio dos Reis

Compartilhe

Estamos nos aproximando do Natal do Senhor. A cada ano temos a oportunidade de celebrar esta data como momento de graça. Para tanto tem-se no Advento a chance da preparação. É tempo de preparar a sociedade, a comunidade e as pessoas para acolher o Senhor que vem.

O Natal sem o menino Jesus não tem sentido. Infelizmente em alguns lugares acontece uma inversão de valores. O Papai Noel é a figura principal e Jesus fica em segundo plano ou nem é mencionado. Talvez Ele não seja necessário para a lógica de consumo desenfreado que nos acerca, apesar da crise que persiste em permanecer em nosso meio.

 Uma das grandes tarefas da nossa sociedade e especialmente dos cristãos seria   devolver o Natal para Jesus.  É isto só é possível se convertendo a Ele, seguindo a orientação de João Batista (Mc 1,4). O passo da conversão indicará outros passos, igualmente necessários. João falava em limpar o caminho. Mas do que nunca precisamos limpar o caminho pois foram colocados uma série de entulhos que impedem o ser humano de chegar a Jesus.

Ele é que dá sentido ao Natal. Este nasceu do encontro da vontade de Deus e a colaboração humana expressas no sim de Maria e no sim de José. Tem como objetivo a salvação da humanidade. A vontade de Deus e a contribuição do casal de Nazaré permitiram que o menino Jesus se encarnasse, trazendo à humanidade a salvação.

 Por isso o Natal é compreendido como tempo da esperança renovada. Jesus, nascido em uma estrebaria e posto em uma manjedoura, renova esta esperança, sobretudo nos mais pobres.  

Precisamos devolver o Natal para Jesus e deixar que Ele se achegue até nós. Ele quer estar presente na história da humanidade e na nossa vida. Cabe deixar em cada coração a manjedoura preparada para recebê-lo.  Ai sim o Natal será bom. Será bom porque é de Jesus! 


Leia Também Fusca e outros motores GPS é medida útil é barata para o Interior Consciência negra, consciência política! (1) Quem será o novo Presidente do Brasil em 2018?