Oitava de Natal, solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
Já estamos em 2017 e é maravilhoso e salutar começar o ano com a solenidade da Mãe de Deus. 
O evangelho deste domingo, segundo evangelista Lucas 2, 16-21 narra a visita dos pastores na gruta onde nasceu Jesus e aí encontraram Maria, Sua Mãe e José. Completados os oito dias do nascimento do Menino, foi circuncidado e lhe colocaram o nome de Jesus. 
Na liturgia deste final de semana fica salientada a figura de Maria, a Mãe de Deus, feito homem. Ela sendo mãe de Deus é também a nossa mãe. Maria, Mãe de toda a humanidade, quando aos pés da cruz Jesus assim o determinou e nos deu a Sua mãe, como sendo nossa também. Maria nos deu a prova que é possível seguir os desígnios de Deus, até ao extremo. Ela o fez quando aceitou ser a Mãe do Salvador. 
Maria, nossa intercessora junto ao seu filho Jesus. Maria conhece Jesus, desde a sua concepção. Também conhece a cada um de nós. Conhece nossas fragilidades, nossas necessidades, nos consola e nos toma pela mão como faz uma verdadeira mãe que ama seus filhos. Nos ensina como amar ao seu filho Jesus, como segui-Lo e O levar a todos que ainda não O conhecem. 
A Igreja reconheceu Maria como a Mãe de Jesus desde o começo e, no concílio de Éfeso, em 431, deu a ela o título de Mãe de Deus. O calendário romano fixou a solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus, para primeiro de janeiro. E o Papa Paulo VI o instituiu como o Dia Mundial da Paz. 
Como está o nosso culto a Maria? Quais as suas virtudes que podemos escolher para nos guiar neste novo ano?
Desejo a todos que sempre me prestigiaram e continuam me prestigiando em minhas postagens, um feliz e abençoado ano novo, na paz do Senhor e no amparo de Maria. 

Leia Também Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita! Eu só penso naquilo!