São Paulo, apóstolo

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
Fazemos memória à São Paulo, uma das figuras mais importantes do Novo Testamento. Sua vida está descrita no livro dos Atos dos apóstolos e nas Cartas escritas por ele. Nasceu no ano 10 de nossa era, na cidade de Tarso da Cicília. Era filho de judeus, da tribo de Benjamin, cresceu sob a sombra da tradição judaica. Jovem, foi para Jerusalém, onde se aprofundou em sua religião. Tornou-se mestre rigoroso no cumprimento da lei judaica. Perseguia os cristãos até se encontrar com o Senhor na estrada de Damasco, o que mudou complemente sua vida. Passou de perseguidor dos cristãos, para perseguido por causa de sua adesão a Jesus. Depois que se converteu começou a anunciar o Evangelho de Jesus aos judeus. Estes o perseguiam. Volta a sua atenção aos pagãos. Até o fim de sua vida teve consciência de ter sido destinado a levar a Palavra de Deus aos pagãos, pois, em Cristo, o Pai chama todos à salvação. 
Paulo começou a comunicação escrita para o Novo Testamento e foi aquele que mais escreveu. Paulo escreveu em grego, mas seu modo de pensar é, na maioria das vezes, de um mestre judeu. O Antigo Testamento passa por Jesus Cristo e em suas Cartas encontramos muitas citações do Antigo Testamento. A primeira Carta que aparece, aos Romanos, é uma das mais difíceis.  Suas Cartas são para as comunidades de: 1 e 2 Tessalonicenses, Filipenses, 1 e 2 Coríntios, Gálatas, Efésios, Colossenses, Filemon, 1 e 2 Timóteo, Tito, 
Paulo é exemplo de conversão. Ler sobre ele é verdadeiramente fascinante e nos leva a acreditar que a conversão para nós também é possível. Não precisamos "cair do cavalo" como ele, mas ter presente que a Palavra de Deus é fiel, libertadora, amorosa e nos leva ao verdadeiro Caminho.


Leia Também Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita! Eu só penso naquilo!