Em um piscar de olhos sumiram meus pacientes/clientes

Postado por: Vania Carteli

Compartilhe

Abrir o seu próprio consultório, clinica ou hospital significa ter que passar a se preocupar em geri-lo com eficiência e isso envolve áreas como a financeira, administrativa, estratégica, etc. Porém, muitos profissionais da área adiam essa tarefa imprescindível para o sucesso do negócio e, por mais que as coisas corram bem no início, é questão de tempo até tudo fugir do controle de repente.

De repente, em um piscar de olhos, tudo o que parecia estar correndo muito bem e em perfeita ordem desaba de uma hora para a outra. Você, que achava que estava conduzindo bem a situação, percebe que perdeu completamente o controle e nem sabe dizer exatamente onde está o erro e o que pode fazer para retomar o controle. Para que isso não aconteça, vou te apresentar hoje 5 grandes razões para você parar de negligenciar de vez a gestão:

1) O paciente não apareceu e agora?

Está aí um grande motivo para começarmos  a prestar atenção à gestão do consultório médico: se o número de faltas está muito elevado, significa que há algo de errado.

Se você não acompanha de perto a sua gestão, será difícil encontrar as razões que estão ocasionando este alto número de faltas, por isso é importante não deixar que este problema chegue a um ponto crítico.

Um alto número de faltas pode indicar que está havendo erros na comunicação entre os seus funcionários da recepção e os pacientes que marcam consulta com você. A solução para isso é acompanhar de perto o processo de atendimento ao telefone e marcação na agenda: seus funcionários estão deixando as informações sobre data e horário bem claras para os seus pacientes? Estão sendo atentos, pacientes e receptivos às duvidas do paciente durante o processo de agendamento de consulta?

2) minha agenda está com buracos;

Se você começa a perceber que o número de pacientes na sua agenda diária não está satisfatório e há muitos buracos entre um atendimento ou outro, isso significa que você está deixando de lado um importante elemento da gestão do consultório médico: o planejamento estratégico.

Por mais que o seu atendimento seja de excelência, é difícil garantir que o número de pacientes que chegam ao seu consultório aumente só pelo boca a boca. É preciso bem mais para fazer com que a procura por você seja cada vez maior.

3) Alta rotatividade de funcionários

Outra grande razão para não negligenciarmos a gestão do consultório médico é a alta rotatividade de funcionários. Quando não acompanhamos e nem  desenvolvemos métricas de controle para a nossa equipe de funcionários, deixamos pontas soltas e não sabemos exatamente o que devemos cobrar deles.

Por vezes, podemos parecer chefes autoritários e que não estabelecem uma relação estreita e amigável com nosso time! É importante que você esteja atento a sua equipe para que haja motivação, treinamento e estímulo suficientes para que os seus funcionários desempenhem suas funções da melhor maneira possível e não abandonem o seu consultório por outras oportunidades no mercado.

É preciso ser um bom líder para a sua equipe, pois só assim você verá o seu consultório funcionando exatamente da maneira que você deseja!

4) Pacientes insatisfeitos

Quando você percebe que os seus pacientes não estão satisfeitos com o seu consultório, isto pode indicar que há problemas na gestão do consultório médico.

Quando deixamos de acompanhar o que acontece no dia-a-dia geral do consultório, ficamos sem entender o porquê da insatisfação dos pacientes. Se oferecemos um atendimento de excelência, onde está o problema, então?

O problema pode estar na sala de espera, por exemplo. Pode ser que seus funcionários não estejam sendo tão receptivos quanto você esperava. Para descobrir o motivo real dessa insatisfação, você deve acompanhar cada etapa pela qual o seu paciente passa no seu consultório: desde a marcação de consulta no telefone, até o momento do atendimento.

Desenvolver um planejamento de relacionamento pós-consulta também é muito importante para aumentar a satisfação dos pacientes e fidelizá-los. Invista em um contato personalizado com os seus pacientes, como envio de e-mails de felicitações em datas comemorativas ou uma plataforma de informações úteis sobre saúde para que ele acompanhe!

Pacientes satisfeitos estão a um passo de serem fidelizados e pacientes fiéis são promotores do seu consultório: indicam os seus serviços a amigos e familiares.

Por isso a grande importância de capacitar e treinar dentro das técnicas de coaching sua equipe para o bom funcionamento do consultório, clinica ou hospital. Você precisa ser referência para a sua equipe e ajudá-la a desempenhar suas funções da melhor maneira possível. Veja como ser um bom líder para o seu time de funcionários, incentive para o desenvolvimento pessoal e profissional, assim você terá sua equipe sempre motivada e treinada para dar o melhor no dia a dia para seus pacientes.  

 

 

Leia Também A subjetividade na perspectiva rizomática Cenário social x talentos do futebol Três gols de bola aérea: onde está o problema? A crônica de uma sentença anunciada