A Igreja do Brasil é missionária!

Postado por: Ari Antônio dos Reis

Compartilhe

Nestes dias que estou em Guiné Bissau percebi a concretude de uma das dimensões mais ricas da Igreja, a missionariedade. Encontrei nas duas dioceses, Bissau e Bafatá, missionários e missionárias de diferentes lugares do mundo. Estão aqui, por opção de fé, contribuindo com a missão evangelizadora da Igreja. Isto faz lembrar o Decreto Ad Gentes, parágrafo 2, que afirma que a Igreja é por essência missionária.

Este compromisso é um rico processo de troca de dons. Quem vai em missão leva alguma coisa, contudo torna-se uma pessoa profundamente enriquecida na sua fé e compromisso eclesial, além do enriquecimento cultural. Encontrei pessoas tranquilas, imbuídas do compromisso com as Igrejas locais, apesar das condições extremamente adversas do país. Quem dera tivéssemos mais corações missionários nas nossas comunidades. Ajudariam a vivenciarmos uma das dimensões da Igreja em saída sugerida pelo Papa Francisco.

Recordo ainda duas experiências que vivi no final de semana passado. Encontrei na Diocese de Bafatá, cujo bispo é o brasileiro Dom Pedro Zilli, jovens brasileiros exercendo por um tempo a missão naquelas terras. Algumas jovens constituíram comunidade em uma região distante; e lá estão contribuindo na evangelização. Na cidade de Bafatá, sede da diocese, encontrei um jovem casal missionário do Mato Grosso do Sul. Ele é engenheiro ambiental. Ela é advogada. Deixaram o Brasil e, certamente uma boa carreira no mercado, para dar um pouco de si para aquele povo. Estão contribuindo na Caritas local. Na cidade de Bissau, capital do pais e sede da outra diocese, encontrei quatro jovens da comunidade Filhos de Maria. Dois estão contribuindo no hospital local, enquanto enfermeiros, e os outros, advogados, na administração da diocese.

 Nos dois casos citados, os jovens missionários estão partilhando seus dons e conhecimentos na missão. Na profissão que assumiram encontram um jeito de servir a Igreja. Isto é graça de Deus. É a Igreja do Brasil, com rosto jovem, assumindo o compromisso missionário.

Rezemos por esses jovens. Rezemos pela jovem de Passo Fundo Victória Holzbach que está em Moçambique contribuindo enquanto jornalista com aquela Igreja.

 


Leia Também Fusca e outros motores GPS é medida útil é barata para o Interior Consciência negra, consciência política! (1) Quem será o novo Presidente do Brasil em 2018?