Cidades pequenas abandonadas pelo policiamento

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Se numa cidade grande, como Passo Fundo, pouco se vê policiais nas ruas, imagina em municípios pequenos, por isso que os ataques das quadrilhas nestes municípios, como o que ocorreu recentemente em Maximiliano de Almeida, devem se repetir e cada vez mais freqüente. Até a polícia se mobilizar, chegar reforço, os bandidos estão bem longe. Nestes municípios pequenos tem dois ou três policiais, não tem como fazer frente e digo mais, nem devem, pois certamente serão mortos. O problema da falta de efetivo, principalmente na BM é uma das conseqüências da crise econômica, que impede o Estado de fazer novos concursos e contratar. Apesar disto, alternativas urgentes devem ser buscadas, a população não pode permanecer tão abandonada pelo policiamento.

Ano da transformação da Avenida Brasil

Pelo que foi anunciado pelo prefeito Luciano, a grande obra do seu segundo mandato será a reforma da Avenida Brasil. Uma obra de infra-estrutura completa, com novo asfalto, nova canalização, em parceria com a Corsan, recuperação dos canteiros centrais, enfim, a Avenida vai ser renovada. Uma obra desta envergadura vai levar meses para ser concluída e os motoristas neste período terão que aprender a circular por outras vias, pois vários trechos serão interrompidos. Será o ano de muitos transtornos no transito, inclusive para o transporte coletivo, em compensação depois teremos uma avenida para os próximos 30 anos, pelo menos.

O mistério do desaparecimento do Bica

Que o amigo Bica gosta de caminhar por aí, sair da vila Luiza e ir, a pé, para o centro, se encontrar com os conhecidos na praça, pesquisar preços nos mercados, os mais próximos dele, sabem, agora impossível acreditar que ele está caminhando até agora. Aonde anda o ex-jogador de futebol, que sumiu a mais de um mês e não se teve mais notícias, apenas boatos e informações precipitadas, divulgadas por um órgão de imprensa. Tem muita gente rezando para o Bica aparecer e com saúde, nestas correntes ninguém acredita em morte, nem eu, espero que ele esteja bem, na casa de algum parente, apenas vivendo em paz, pois acredito que foi isso que o levou a sumir.

Ouvintes do Frente e Verso favoráveis as privatizações

Pela participação da audiência, sábado pela manhã, na Rádio Planalto, algo ficou claro, a maioria dos participantes se disseram favoráveis ao Governo gaúcho vender estatais, que só dão prejuízos e não ofertam serviços de qualidade e que beneficiem a população. Quem é contra as privatizações são os servidores públicos, por razões obvias e contam com o apoio dos partidos de oposição a Sartori. Concordo com um ouvinte que disse, "quanto menor o tamanho do Estado, menos opções para a corrupção". O programa teve a participação dos deputados Capoani e Juliano Roso. 

Dizem por aí... Que em 2017, finalmente os médicos irão cumprir horário nos Cais e ambulatórios da cidade e assim fazer jus ao que recebem. Será verdade?

 

 

 

 

Leia Também Matam a educação pública, aos poucos! A periferia como lugar de atenção da Igreja Católica de Passo Fundo Orgulho Gaúcho O que é um Seminário?