Qual o futuro dos jovens tradicionalistas?

Compartilhe

Em encontro das prendas e peões da gestão 2016/2017 da 7ª Região Tradicionalista, no domingo, 05, tendo por local o CTG Tropel de Caudilhos, o futuro do movimento tradicionalista através dos jovens foi uma das pautas discutidas por mais de 50 jovens, peões e prendas de entidades filiadas à Sétima RT.

O evento -18º Seminário Regional de Prendas e Peões: MTG 50 anos: Unidos por um mesmo ideal – foi desenvolvido pela manhã e à tarde as prendas regionais apresentaram um Plano de Ação com o intuito de integrar os diversos departamentos de uma entidade tradicionalista.

Para tanto, formou-se uma mesa redonda com a participação do presidente da Ordem dos Cavaleiros do RS, Sr. Airto Timm, assessor de comunicação da 7ªRT e comunicador da Rádio Planalto FM, Dilerman Zanchet, a Sra. Adriane Rebechi Rodrigues (1ª Prenda do RS, gestão 2010/2011) e a Srta. Paloma Drum Schacht (1ª Prenda Juvenil do RS, gestão 2013/2014). A mediação foi do 3º Peão Farroupilha Igor Gava.

Dentre os assuntos debatidos e com grande interação dos presentes, um dos principais foi a participação efetiva dos jovens no movimento tradicionalista. Sem eles não se vislumbra futuro para a continuidade do MTG.

Airto Timm, Dilerman Zanchet, Adriane Rodrigues e Paloma Schacht exteriorizaram suas preocupações com o modismo, as ações e mudanças que estão sendo implementadas nesta gestão do Movimento Tradicionalista Gaúcho, que projeta-se para acabar com alguns vícios existentes, e as formas que os tradicionalistas têm para pleitearem suas reivindicações.

Sem dúvidas, uma tarde de aprendizado, companheirismo, respeito e a tradição em debate para o futuro.

Leia Também Palestra sobre tradição para jovens do Lalau Miranda Entrevero aponta novos Peões Farroupilha Grande participação no almoço do CTG União Campeira Departamento de Truco da Sétima Região prepara nova ação social