O Canal do Rio Grande

Qual o futuro dos jovens tradicionalistas?

Compartilhe

Em encontro das prendas e peões da gestão 2016/2017 da 7ª Região Tradicionalista, no domingo, 05, tendo por local o CTG Tropel de Caudilhos, o futuro do movimento tradicionalista através dos jovens foi uma das pautas discutidas por mais de 50 jovens, peões e prendas de entidades filiadas à Sétima RT.

O evento -18º Seminário Regional de Prendas e Peões: MTG 50 anos: Unidos por um mesmo ideal – foi desenvolvido pela manhã e à tarde as prendas regionais apresentaram um Plano de Ação com o intuito de integrar os diversos departamentos de uma entidade tradicionalista.

Para tanto, formou-se uma mesa redonda com a participação do presidente da Ordem dos Cavaleiros do RS, Sr. Airto Timm, assessor de comunicação da 7ªRT e comunicador da Rádio Planalto FM, Dilerman Zanchet, a Sra. Adriane Rebechi Rodrigues (1ª Prenda do RS, gestão 2010/2011) e a Srta. Paloma Drum Schacht (1ª Prenda Juvenil do RS, gestão 2013/2014). A mediação foi do 3º Peão Farroupilha Igor Gava.

Dentre os assuntos debatidos e com grande interação dos presentes, um dos principais foi a participação efetiva dos jovens no movimento tradicionalista. Sem eles não se vislumbra futuro para a continuidade do MTG.

Airto Timm, Dilerman Zanchet, Adriane Rodrigues e Paloma Schacht exteriorizaram suas preocupações com o modismo, as ações e mudanças que estão sendo implementadas nesta gestão do Movimento Tradicionalista Gaúcho, que projeta-se para acabar com alguns vícios existentes, e as formas que os tradicionalistas têm para pleitearem suas reivindicações.

Sem dúvidas, uma tarde de aprendizado, companheirismo, respeito e a tradição em debate para o futuro.

Leia Também Rodeio Internacional de Tapejara acontece em janeiro Somando On Line: Prêmio de Melhor Matéria de Revista é entregue Abertas inscrições para Seminário Estadual de Prendas Coordenadorias Regionais escolhem novos titulares