Cerealistas mantiveram audiências no governo do Estado

Compartilhe

O presidente da Associação dos Cerealistas do Rio Grande do Sul, que tem sede em Passo Fundo, Vicente Barbiero, acompanhado de membros de sua diretoria, estiveram em audiências nas secretarias estaduais de segurança e agricultura, na última quinta-feira.

Junto ao secretário estadual de segurança Cezar Schirmer, Barbiero manifestou a grande preocupação com a insegurança no interior. O número de ocorrências de assaltos à propriedades rurais e armazéns é muito grande. Além dos furtos e, principalmente, dos roubos em residências e de máquinas, os bandidos estão atrás de insumos agrícolas em virtude do alto valor desses produtos. Há registros de roubos de até R$ 30 milhões em apenas um armazém de insumos na região do Planalto. O secretário Schirmer se encarregou de montar uma força tarefa para auxiliar os produtores rurais.

Já na Secretaria de Agricultura, o presidente da ACERGS, reiterou a preocupação com a exigência de nota fiscal eletrônica pelo governo. Conforme Barbiero, a internet ainda não funciona na maioria das propriedades rurais, portanto, não há como implantar essa medida, no momento. O secretário Ernani Polo, disse que vai encaminhar o pleito à Secretaria da Fazenda, pois de acordo com a regra em vigor, a partir de abril desse ano, o bloco modelo 15 deverá substituído pela nota eletrônica.  

Leia Também Temer tem a pior aprovação de um presidente em 28 anos Prêmio de R$ 11 milhões da Quina de São João saiu para Passo Fundo Trabalhadores da antiga Bertol vão receber indenizações Ministro da Justiça nega troca no comando da Polícia Federal