Agora é o Inter

Postado por: Cristian Queiroz

Compartilhe

É, não foi desta vez. Ainda não foi o dia do E.C. Passo Fundo vencer o Grêmio, quem sabe ainda possa ter uma chance nesse ano, caso o Passo Fundo se classifique para a segunda fase e cruze com o tricolor mais uma vez.

Mas esse tabu não é apenas contra o Grêmio, o Inter com seu time principal nunca foi derrotado pelo Passo Fundo, e o colorado é o próximo adversário do tricolor do Planalto. Domingo no Vermelhão da Serra, que certamente estará lotado para ver o jogo de dois árbitros, isso mesmo, o D’Alessandro vem para o jogo, ou seja, teremos dois apitadores em campo.

O Inter vive um momento ruim, seu técnico ainda não encontrou a base do time, não encontrou o esquema tático, não encontrou o apoio do torcedor, não encontrou a confiança que precisa, está procurando, mas por hora sem sucesso. Imagino que se no meio de semana o Inter não conseguir passar pelo Princesa de Solimões na Copa do Brasil deverá vir para Passo Fundo com novo comandante. É o melhor momento para enfrentar o colorado, fragilizado, rodeado de desconfiança. Vejo que essa é a grande oportunidade do Passo Fundo quebrar esse tabu, tirar essa zica da dupla Gre-Nal, fazer três pontos e ficar ainda mais distante da zona da degola.

Ontem o Passo Fundo jogou fechadinho na Arena, lutando para trazer um ponto na mala, e quase deu certo, não fosse um erro de marcação a estratégia teria dado certo, mas domingo, contra o Inter o time vai precisar de um pouco mais de ousadia, terá que oferecer mais perigo ao Inter para sair com os três pontos.

Domingo o Vermelhão tem que lotar, o torcedor tem que ir apoiar o time da cidade, torcer por uma vitória do Passo Fundo! Eu estou convicto que essa é a grande chance do tricolor vencer o colorado, tem time para isso, tem comissão técnica para tal e terá o torcedor ao seu lado.

Grêmio

Se com o Douglas já não ia ser fácil, imagina sem ele! Com Jael, o cruel no ataque, olha, vamos penar. Espero que a direção contrate, que novos nomes desembarquem na Arena, caso contrário prevejo vida curta para o tricolor na Libertadores. 

Leia Também Falecimento de titular de firma individual causa a extinção da execução fiscal Treinamento psicológico e o efeito no grupo A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais”