Governador recebe comissão da 16ª Jornada Nacional de Literatura

Compartilhe
 

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, recebeu, nessa terça-feira, 14 de fevereiro, uma comissão da 16ª Jornada Nacional de Literatura, que acontece de 2 a 6 de outubro de 2017. A Jornada, que é uma das maiores movimentações literárias do Brasil, é promovida pela Universidade de Passo Fundo (UPF) e pela Prefeitura de Passo Fundo. O encontro aconteceu no Palácio Piratini, em Porto Alegre, e, além do governador, participaram o reitor da UPF, José Carlos Carles de Souza; a vice-reitora de Assuntos Comunitários da UPF, Bernadete Maria Dalmolin; a coordenadora da Divisão de Extensão e Assuntos Comunitários da UPF, Munira Awad; o prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo; e o secretário de Cultura de Passo Fundo, Pedro Almeida; entre outras autoridades.

Além de convidar oficialmente o governador para participar do lançamento da Jornada, que deverá acontecer no final do mês de março, e da abertura do evento, em outubro, a comissão pediu o apoio na captação de recursos e solicitou que o estado concedesse a liberação do ponto dos professores da rede pública estadual de ensino durante a Jornada, para que esses profissionais possam participar do evento. Além disso, a comissão solicitou a renovação da parceria com o Instituto Estadual do Livro para a realização do Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães. 

O reitor da UPF destacou a importância do apoio do Governo do Estado para a realização da Jornada, que é uma movimentação cultural com caráter permanente e que ocorre há 36 anos, contribuindo com a ampliação do cenário de leitura na cidade, na região e no estado. “O governador endossou todos os nossos pedidos referentes à Jornada, demonstrando o interesse do Governo do Estado em auxiliar, por meio dos diversos órgãos estatais, que vão contribuir para esse importante evento cultural”, revelou o reitor.

O prefeito Luciano Azevedo também ressaltou a importância do apoio do Governo do Estado através de empresas como a Corsan e o Banrisul. "Buscamos esse apoio para a Jornada de Literatura, que vem redimensionada em um novo modelo. Saímos daqui otimistas e esperançosos, com a certeza de que toda a luta da UPF e da Prefeitura para que a Jornada possa se materializar será concretizada", enfatizou Luciano.

Em busca de parcerias, a comitiva da Jornada também visitou, durante a terça-feira, as secretarias estaduais de Educação e Cultura, a Cia Zaffari & Bourbon e o Banrisul.

As Jornadas Literárias reúnem, em um espaço cuidadosamente estruturado para tal, leitores, escritores, artistas, pesquisadores e intelectuais, constituindo-se como uma movimentação cultural que tem como objetivo a formação de leitores multimidiais, emancipados, críticos e esteticamente sensíveis. Tal particularidade foi um dos fatores que rendeu à cidade o título de Capital Nacional da Literatura, reconhecida pela lei nº 11.264/2006, e de Capital Estadual de Literatura, pela lei nº 12.838/2007.

 

16ª edição e suas novidades

A Jornada é uma das maiores movimentações literárias da América Latina e, nesta edição, passa por uma remodelação. O evento dialogará muito mais com os espaços do município de Passo Fundo. Suas ações resultarão na “Jornalização” da cidade, marcada pela ocupação dos espaços culturais. 

Diretamente, a movimentação cultural atenderá a dois mil adultos e a vinte mil crianças. O evento abrange a Pré-Jornada e a Pré-Jornadinha – realizadas para a leitura prévia das obras dos autores convidados –; a Jornada; a Jornadinha; o Seminário Internacional de Pesquisa em Leitura, Literatura e Linguagens; e o Encontro Estadual de Escritores, entre outras ações.

Além dessas atividades, a Jornada conta com três importantes novas ações: Caminho das Artes, com convidados interagindo com a comunidade em uma rua do centro da cidade; Livros na mesa: leituras boêmias, composta por debates e discussões abertas em bares e espaços culturais no período da Jornada; e Projeto Transversais: rotas leitoras, que será um caminho de leituras, via aplicativo, com atualização dos conteúdos dos túneis de leitura. 

 

Foto: Natália Fávero


Leia Também Quiosque de Leitura: novas cores para ler Capes aponta crescimento da pós-graduação na UPF VovôVoice começa nesta terça em Passo Fundo Aberto o Danzpare Brasil 2017