STF nega liberdade para Eduardo Cunha

Compartilhe

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta quarta-feira (15) um pedido de liberdade apresentado pela defesa do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Seguindo recomendação do novo relator da Operação Lava Jato na Corte, Edson Fachin, e por 8 votos a 1, a maioria dos ministros resolveu mantê-lo na prisão em Curitiba (PR). O único voto a favor de conceder liberdade a Cunha foi do ministro Marco Aurélio Mello.


Leia Também TRT-RS emite nota de repúdio à portaria sobre trabalho escravo Heinze está mesmo disposto a concorrer a governador Já sobe para 49 o número de municípios afetados pelo temporal no RS Homem é encontrado com a mandíbula quebrada em Passo Fundo