Polícia Rodoviária Estadual não descarta fechamento de posto de Coxilha

Compartilhe

O posto da polícia rodoviária estadual de Coxilha, na RS-135, junto ao pedágio, corre o risco de ser fechado. Ele já teve 18 policiais, atualmente está com oito e nos próximos dias mais dois patrulheiros se aposentam. O subcomandante do 1º Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual, major Bertóglio, disse que o comando traça muitas estratégias nesse momento para evitar o fechamento de postos, mas entende que não será possível manter estabelecimento aberto sem os mínimos recursos humanos.

O Batalhão, que atende 200 municípios gaúchos, tinha 270 policiais, hoje dispõe de apenas 165. E o ritmo de aposentadorias continuam, sobretudo, com a possibilidade de elevação do tempo de contribuição, conforme as propostas de lei que estão em tramitação no Congresso e também na Assembleia Legislativa.

O posto de Coxilha, por exemplo, atende 400 km de rodovia e para isso precisaria de mais policiais. Bertóglio, propõe, inclusive, a transferência do comando para Coxilha. Com isso, a equipe do setor administrativo poderia colaborar na fiscalização do trecho.  

Leia Também Acidente com ambulâncias, ônibus e carreta tem 15 mortos no ES CCJ aprova revogação do mandato do presidente da República pela população Julgamento da validade das delações continua nesta quinta no STF Mapeamento dos potenciais informativos do Rio Passo Fundo