Passo Fundo x Internacional: a história

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe

Olá, amigos internautas!

Neste domingo vamos transmitir pela Rádio Planalto mais um encontro entre Esporte Clube Passo Fundo e Sport Club Internacional, de Porto Alegre, em espetáculo bastante atrativo no Estádio Vermelhão da Serra, às 17 horas. Para tanto, vale apresentar alguns momentos históricos do confronto, que completa 30 anos de realização.

O primeiro jogo entre as equipes ocorreu em 1987, abrindo o Campeonato Gaúcho no Estádio Beira-Rio. A vitória foi do time colorado da capital por 2x0, com gols de Amarildo e Bandeira. No encontro do returno daquele ano houve empate por 1x1 no Vermelhão da Serra: Claudio Freitas, batendo falta, venceu o grande goleiro Taffarel e abriu a contagem para o tricolor, enquanto Paulinho determinou a igualdade.

Abrindo o Gauchão de 1988, o Internacional voltou à capital do Planalto Médio e ganhou por 1x0, com gol de Amarildo, de cabeça.

Em 1989, na maravilhosa campanha do Passo Fundo, que alcançou a fase final da competição, foram belas disputas. Na primeira delas, outra vitória dos colorados por 1x0, com gol de Nilson, cobrando pênalti. Pelo quadrangular final do turno de abertura, o Internacional venceu por 3x1, de virada - Claudio Freitas marcou e Nilson, Luís Fernando e Casemiro anotaram para o colorado. No Vermelhão da Serra, pelo octogonal decisivo, registrou-se empate por 0x0 e nas penalidades máximas o Internacional venceu. Na cobrança final, o volante tricolor Tim bateu e Taffarel efetuou a defesa.

Em 1990, nada de gols no Vermelhão da Serra. No ano seguinte, na maior goleada dos confrontos, o Internacional venceu por 6x1 no Beira-Rio (dois gols de Lima, dois de Helcinho e dois de Cuca, descontando Claudio Freitas).

Em 1994, no ano da queda do tricolor passo-fundense para a Série B, ocorreram derrotas por 1x0 no Vermelhão e de 2x0 no Beira-Rio.

Houve, então, o período de espera para o retorno à elite do futebol gaúcho, o que aconteceu em 1999. Dessa vez, foi registrado um espetacular empate por 3x3 em nossa cidade. Ferreira foi o destaque tricolor, marcando três vezes naquela noite de sexta-feira.

O Passo Fundo nunca esteve tão perto de quebrar o tabu de vitórias sobre a dupla Gre-Nal como em 2000. Naquele ano chegou a estar vencendo por 2x0 no Vermelhão da Serra, com gols de Felipe e Leocir. O Internacional conseguiu a virada e, no apagar das luzes, Felipe empatou em 3x3.

Em 2006, em um ano triste de nova queda, o tricolor lutou muito, mas acabou perdendo por 4x3 para o colorado em Passo Fundo. Felipe marcou três gols, igualando o feito de Ferreira. Aquele mesmo Internacional nos meses seguintes se tornaria campeão da América e do Mundial.

Em 2013, o tricolor passo-fundense reestreou na divisão principal do Gauchão com empate diante do Internacional, pelo placar de 1x1, em jogo disputado no Estádio da Ulbra, em Canoas. Cassiano marcou para os colorados e João Paulo determinou a igualdade.

Em 2014, no Vermelhão da Serra, o Passo Fundo foi vencido por 2x1, com gols de Aylon e Murilo para os visitantes, descontando Ramazotti.

Em 2015, o Internacional ganhou de 2x0 no confronto realizado em Porto Alegre, sendo que Valdívia e Alex balançaram as redes.

Finalmente, em 2016, nova vitória colorada, então, por 2x1 no Beira-Rio. Os gols foram marcados por Eduardo Sasha e Artur, descontando Renan Oliveira para o tricolor.

Vamos esperar novamente um grande espetáculo, com casa cheia, no Vermelhão da Serra neste domingo. Sejam felizes, vocês merecem!


Leia Também O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito Transporte coletivo entre boatos e incertezas