Nova administração de Sertão administra dívida milionária

Compartilhe

O prefeito de Sertão, Edson Rossato e o vice-prefeito Carlos Bernieri (Peninha) receberam o diretor das rádios Planalto AM e FM, Pe. Neuro José Zambam (centro da foto). Na oportunidade, falaram sobre a situação financeira e administrativa do município. Com orçamento inferior a R$20 milhões por ano, os gestores estão tendo que administrar uma dívida superior a R$10 milhões. Somente para o INSS, encontraram uma dívida de R$3 milhões. Todo o dia recebem novos precatórios, de servidores municipais que foram demitidos e ganharam na justiça o direito de retornar ao trabalho e de serem indenizados e de fornecedores. São cerca de R$2 milhões de precatórios. Não cabe mais recursos, a administração terá que encontrar uma forma de pagamento.

Rossato, disse que é um legado de muitos anos de problemas que foram dando origem a esse ônus milionário para o município. Uma dívida grande de energia elétrica foi renegociada e o serviço continua sendo oferecido ao município.

O novo prefeito, trabalhou no Banco do Brasil até se aposentar há quatro anos. “Sentei nessa cadeira já olhando para a porta de saída daqui há quatro anos, não sou político de carreira”, disse ele. Não pensava em disputar a eleição, mas foi convencido pelo seu vice, Carlos Bernieri que já havia concorrido em outras eleições. Topou o desafio com o entendimento junto aos companheiros de que não fariam ataque a adversários na campanha e que, diante da situação do município que já se conhecia, prometeriam apenas trabalho, honestidade com os recursos públicos e transparência.

Ele está aplicando os processos de gestão que seguiu durante a vida de bancário na prefeitura. Relata que estão tendo apoio maciço dos servidores municipais. “Nomeamos apenas seis ou sete cargos de confiança, os servidores concursados estão nos ajudando na gestão do município”, relatou o prefeito. Renegociação de contratos de prestadores de serviços, práticas de redução de despesas já renderam elogios de auditores do Tribunal de Contas.

O chefe do executivo também está contente com o apoio do Legislativo. Todos os projetos encaminhados à Câmara nesse início de ano, foram aprovados por unanimidade. Um deles pedia autorização para contratação emergencial de farmacêutica.

Leia Também Chuvas: Sertão decretou situação de emergência Rádio Planalto confere os estragos do temporal em Sertão Prefeito de Sertão pretende decretar situação de emergência no município Inundação atinge Getúlio Vargas