Pensar grande, mas começar pequeno

Postado por: Vania Carteli

Compartilhe

Imagine um futuro brilhante, em que sua ideia é inovadora e ousada, capaz de provocar dúvidas sobre a sua realidade. Pensar grande é muito mais que definir grandes metas ou mesmo objetivos ousados, é acreditar em uma ideia e trabalhar com foco e persistência para alcançar o resultado desejado. Quando você acredita e cultiva os pensamentos grandes, estabelece um possível futuro pelo qual vale a pena lutar. Pensar grande é inspirar decisões diárias e isso desperta a sustenta a motivação, torna a ação consistente. Se uma pessoa tem uma pessoa tem um objetivo estabelecido, ela se torna uma empreendedora melhor.

É preciso sonhar alto, em algo maior, ou então o resultado será algo menor. Essa e uma regra do empreendedorismo: SONHAR ALTO, claro sempre com os pés firme no solo, mas começar pequeno e ir em direção do grande sonho.

Uma pessoa pode acreditar que vai desenvolver um projeto com o intuito de ser o maior projeto de sua vida, mas pensar grande é mais que isso, é trabalhar para tornar esse desejo em realidade. Então comece por um pequeno projeto e verifique se há demanda suficiente para o projeto criado. Esse é o momento de interagir com o cliente, o que é muito diferente de realizar uma pesquisa de mercado para conhecer o que o cliente acha que gostaria ou quer.

Observar o comportamento do cliente é possível conseguir dados mais específicos com relação a demanda do cliente do que simplesmente fazendo perguntas hipotéticas. Também é possível aprender a respeito das reais necessidades do cliente e de como sua percepção será afetada pelas estratégias traçadas.

Quando se pensa grande, alimenta-se a determinação e a perseverança. É diante de uma dificuldade em que todos fracassaram que um empreendedor de sucesso consegue se apoiar, ter energia o suficiente para lutar e superar os obstáculos. Quanto mais forte for a imagem do futuro, maior sera o poder de fortalecer o empreendedor. A grandeza de SONHAR ALTO é capaz de fazer com os caminhos difíceis e cansativos pareçam fáceis de alcançar.

 

Leia Também 4º Domingo da Páscoa. A quem interessa a não vinda da Havan? Óleo de cozinha usado. O que fazer? Unidade no essencial