E. C. Passo Fundo precisa se unir!

Postado por: Paulo Bigóis

Compartilhe
O técnico do Passo Fundo armou o time com três zagueiros no Campeonato Gaúcho. Fechou o sistema defensivo, porque sabia da limitação da sua equipe. Em sete jogos ou ganhava por um gol de diferença ou perdia por um placar magro. Esse sistema ficou sólido durante a competição, mesmo sabedor da dificuldade ofensiva que persiste até agora.
Com a troca de comando, veio um treinador Leocir adepto ao ofensivismo. Ele abriu com o esquema 3-5-2 e levou seis gols em duas partidas. A coisa desandou. O Passo Fundo, que fez quatro pontos em 21 terá uma missão muito complicada. Terá que fazer 9 pontos em 12 o clube se meteu num bico de sinuca.
Terá que pregar uma união muito grande entre todos para sair do atoleiro, que se encontra e colocar um comandante no vestário. Senão, irão piorar cada vez mais.  Paulo Porto tinha razão fechou atrás porque sabia das dificuldades do plantel.

INTER
O Inter perdeu em Caxias do Sul. Pênalti não houve, não pode reclamar muito. A campanha é vergonhosa para uma folha de R$ 7 milhões. Antepenúltima colocação e seu treinador ontem fez uma salada de fruta deveria ser dispensado até agora não conseguiu formar um time.
Parece que o torcedor colorado vai sofrer de novo este ano. É uma pena, mas é o que vai acontecer. Mudar para melhorar. Caso contrário, pode ser tarde demais. Fora da zona de classificação do Gauchão, que garante oito vagas é uma vergonha!

Leia Também Elo passado-presente-futuro Sujeito descansado Maneiras de usar o floral nesse verão 2018 O Enem para além do "tema"