Pais devem estar atentos sobre a merenda escolar

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Celular não pode ser visto como vilão em sala de aula

Muito boa à discussão, provocada pelo projeto do vereador Renato Tiecher, que visa proibir o uso de telefone celular nas salas de aula, das escolas municipais. Concordo, em partes com a iniciativa do vereador. O celular é uma tecnologia que foi criada para facilitar a visa das pessoas, mas claro que, em muitas situações, pode representar um perigo, quando utilizado indiscriminadamente pelas crianças e adolescentes, sem orientação, quer seja da família ou da escola.  No programa Frente e Verso de sábado, pela Planalto, o tema foi discutido e a maioria dos ouvintes se mostrou simpática a iniciativa. Particularmente penso que o projeto pode ser melhorado, pois entendo que quando se proíbo algo, é por que é ruim, mas na verdade o celular não é de todo ruim e se bem utilizado pode auxiliar e muito no aprendizado.

 

Pais devem estar atentos sobre a merenda escolar

Uma ouvinte me manda uma mensagem e me chama a atenção para um tema, também ligado à educação e de suma importância. Fui investigar e posso afirmar que não falta merenda em nenhuma escola municipal, então os pais devem ficar atentos, pois se o filho disser que não ganhou merenda, tem algo errado na escola. Talvez a merenda não seja aquela que a direção da escola gostaria, mas daí é outra discussão, o que não pode é faltar o alimento, tendo em vista que muitas crianças dependem desta alimentação. Outra situação é que a merenda destinada as escolas é acompanhada por técnicos e nutricionistas, então é saudável e de qualidade. Entretanto, cabe aos pais acompanhar e participar da escola para saber se realmente a criança está recebendo o que é dela de direito.

 

UBS do presídio vai começar a funcionar

Inaugurada no começo deste ano, feita com recursos da comunidade e como o apoio da Justiça e do MP, a Unidade de Saúde, do presídio de Passo Fundo, finalmente deve começar a funcionar. Numa parceria com o município, a Secretaria de Saúde vai equipar a unidade e disponibilizar médico. Grande avanço, muitos não gostam que se defendam benefícios para os presos, mas precisamos pensar grande. O que acontece dentro da cadeia reflete na sociedade, desde doenças, como tuberculose e gripes, tão frequentes nos presídios, que podem atingir toda a população, então é preciso atender os presos e não permitir a proliferação. Isto sem falar que muitos presos estão doentes e não recebem atendimento, por falta de transporte ou de efetivo para acompanhar. Com a unidade em funcionamento isto não irá acontecer. Ganhamos todos nós, os presos os familiares e a cidade com esta ação.  

 

Dizem por aí... Que, em algumas escolas, tem professores e funcionários comendo mais merenda que os alunos. Será verdade?

Leia Também Marta e Maria Curiosidades sobre o Fusca Como fica o Congresso após a aprovação da Reforma da Previdência? Com sapato ou sem sapato