Precisamos falar sobre as dificuldades que acontecem no decorrer da faculdade

Postado por: Jéssica Limberger

Compartilhe

Parece simples: o aluno faz a faculdade, forma-se, ingressa no mercado de trabalho e vive feliz para sempre. Entretanto, essa trajetória está bem longe de ser simples. Cada estudante que está passando ou já passou pela faculdade sabe da complexidade desse processo, não apenas em relação às disciplinas, mas também nas dificuldades de adaptação, nos relacionamentos e na passagem para a vida adulta.

Com o ingresso na faculdade, o estudante se depara com um papel diferente daquele que possuía no Ensino Médio. Para muitos estudantes, ao iniciar a faculdade surge um novo projeto de vida, na direção da profissão que se almeja. Trata-se de um momento único e marcante na história de vida de cada pessoa. Nessa etapa, também surgem novas responsabilidades, tanto na autonomia como no comprometimento com as disciplinas.

Adaptar-se leva tempo e exige flexibilidade. Quando se está diante de uma situação nova, como a faculdade, pode haver um desconforto no início, afinal são pessoas e lugares diferentes que estamos conhecendo e interagindo. Assim, ser flexível auxiliará a entender que muitas situações podem ser diferentes das expectativas, aprendendo a lidar com o imprevisto e o inesperado.

Saber lidar com as cobranças também auxilia na adaptação às rotinas da faculdade. Para aqueles que estudam e não estão trabalhando, pode vir aquela expressão “mas você só estuda?”. Para aqueles que estudam e trabalham: “quando você vai se dedicar mais à faculdade?”. Essa cobrança, seja de si mesmo, seja dos familiares, pode auxiliar no processo, desde que as conquistas do estudante também sejam reconhecidas.

Assim como a cobrança excessiva gera um nível de exigência muito alto e pode contribuir com dificuldades na execução? das tarefas, a falta de cobrança ou o descomprometimento com as atividades também são complicadores nesse processo. Ora, se o ingresso no curso superior tem a ver com a aquisição de novos conhecimentos e de uma profissão, descomprometer-se não parece uma atitude coerente ao objetivo a ser alcançado.

Para além dos objetivos acadêmicos, é no período da faculdade que muitos estudantes irão construir laços de amizade. Talvez muitos jovens queiram mostrar aos seus colegas o quanto são bons no que fazem, exaltando suas qualidades. Certamente é importante expor nossas qualidades, mas cabe lembrar que as relações de amizade nascem de maneira sincera, em relações de confiança e momentos de troca, que vão além de demonstrar as qualidades, mas principalmente de compartilhar as dificuldades. Além disso, talvez a realidade de outros estudantes não tenha a ver com amigos, quem sabe existam apenas conhecidos, de acordo com a disponibilidade e o interesse de cada pessoa.

Para muitos estudantes, o período da graduação coincide com um período de amadurecimento. Muitos não se sentem como adolescentes, mas também ainda não se definem como adultos. Essa etapa é a chamada “adultez emergente”, quando os adultos emergentes iniciam as responsabilidades e a autonomia da vida adulta, mas ainda há a dependência por parte de seus pais. Justamente nessa transição da adolescência para a vida adulta, podem ocorrer mudanças em termos de pensamentos e comportamentos, levando a questionamentos sobre o que se quer e o que se pretende ser.

Como pode se perceber, a etapa da graduação tem suas complexidades, sendo uma etapa da vida muito importante, pois envolve crescimento e amadurecimento. Diante de todo esse processo que envolve a adaptação na faculdade, existirão momentos de dificuldade, que poderão gerar sofrimento e, talvez, até incertezas. Cada pessoa irá lidar com esses momentos da sua maneira, utilizando as suas estratégias. Assim, é bastante importante compreender se tais dificuldades se intensificam e se há necessidade de buscar um psicólogo, o qual irá contribuir na resolução de problemas e no autoconhecimento, diminuindo o sofrimento. Seja na faculdade ou na vida, o autoconhecimento nos auxilia a caminhar melhor.

 

Leia Também O problema da instrução Nosso comportamento é resultado daquilo que ingerimos, pensamos e praticamos Pesquisa busca técnicas internacionais para construção de ciclovias Sustentabilidade e tendências fiscais