Comercial Zaffari no Shopping Passo Fundo

Postado por: João Altair da Silva

Compartilhe

Fiquei surpreso com a reação negativa da sociedade com relação ao anúncio de que o supermercado do novo shopping que está em construção no bairro São Cristóvão, o Shopping Passo Fundo, será da Comercial Zaffari. Onde houve o anúncio, houve reações. Ainda mais no facebook, internet, um “território” sem lei.

Muitas manifestações pedindo a vinda de redes como o Big, Walmart, dentre outros. Outras tantas falando em monopólio da empresa na cidade.

A Walmart ainda no mês passado anunciou o fechamento de dois supermercados em Porto Alegre, inclusive, no Iguatemi Shopping.

O consumidor precisa entender que é melhor ter no referido shopping um supermercado de uma empresa local, que tem compromisso com a cidade. A Comercial Zaffari estará completando 60 anos de atividades comerciais em Passo Fundo, aqui já tem diversos supermercados, construiu o Bella Città. Recentemente construiu a mais moderna escola e entregou para a prefeitura na Vila Luiza, e em troca ganhou apenas um terreno que não servia para nada na Petrópolis.

Veja o que ocorreu com a Manitowok, veio aqui, ganhou serviços de 18 máquinas da prefeitura durante seis meses, ganhou uma granja de 45 hectares e sem compromisso com a cidade, diante da crise, cerrou as portas, foi embora e não deu explicação para ninguém. Ninguém da empresa reside aqui para ser cobrado na rua.

Por outro lado, vi manifestações de que poderia surgir uma nova empresa local. Seria o ideal, mas nenhum empreendedor consegue iniciar uma atividade de supermercados já com uma mega loja de quatro mil metros quadrados.

Ainda com relação as acusações de monopólio, não é verdade. Monopólio existe quando tem apenas uma empresa atuando em um setor. Oligopólio ocorre quando apenas duas ou três empresas operam esse setor. Quando se verifica um grande número de empresas, de diferentes donos, atuando no setor, em economia, se chama de Concorrência Perfeita, e na área de supermercados essa organização acontece na plenitude. Quem não quer comprar da Comercial Zaffari, compra no Bourbom, no Luvisa, na Super Passo Fundo, na Super Útil ou no mercado do “João” ali na esquina.  

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito