Fraternidade e partilha na Páscoa Notre Dame

Compartilhe

Valorizar a Páscoa como um período de renovação: foi com esse objetivo que as instituições de ensino mantidas pela Rede de Educação Notre Dame em Passo Fundo promoveram, durante as duas últimas semanas, momentos de espiritualidade, dos quais participaram seus estudantes e educadores. Neles, as comunidades educativas do Colégio Notre Dame e das escolas Notre Dame Menino Jesus e Notre Dame Santa Isabel refletiram sobre o verdadeiro sentido da festa cristã.

No Colégio Notre Dame, as cerimônias enalteceram aos educandos - matriculados da Educação Infantil ao Ensino Médio – a grandiosidade do amor de Deus pela humanidade, demonstrado pela entrega da vida de seu Seu único filho para salvá-la. Cientes do verdadeiro sentido da morte e da ressurreição de Cristo, as crianças e os adolescentes compartilharam pão e suco de uva, repetindo o gesto de Jesus, durante a última refeição com os seus apóstolos.

Na Escola Notre Dame Menino Jesus os educandos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental reuniram na Capela, onde, depois de debater sobre o sentido da data e de lembrar o amor divino, também compartilharam o derivado do trigo.

A partilha também envolveu as crianças matriculadas na Escola de Educação Infantil Notre Dame Santa Isabel. Antes de compartilhar o pão e o suco de uva, que representam a aliança cristã, os estudantes recordaram os símbolos da Páscoa. O coelho, o cordeiro, o girassol, o ovo, o pão, a vela e o fruto foram conduzidos, pelos educandos matriculados no Nível II, ao espaço sagrado. Montado no refeitório da instituição de ensino, ele foi circundado pelos demais educandos, que, em silêncio e sentados lado a lado, lembravam a que eles aludem e entoavam cânticos religiosos.

Gestos solidários também integraram a preparação para a Páscoa

Além dos momentos de espiritualidade, os estudantes do Colégio Notre Dame também participaram de ações solidárias. Os educandos do 2º Ano do Ensino Fundamental, por exemplo, confeccionaram casquinhas e cartões para os da Escola Municipal Romana Gobbi. Estes também receberam doces, doados pelos matriculados no 4º Ano. Durante a entrega dos presentes, os estudantes de ambos os educandários assistiram a uma peça teatral. Protagonizada pelo grupo de pastoral “Juventude Notre Dame”, ela ressaltava valores como a amizade e a solidariedade.

Já na Escola Notre Dame Menino Jesus, todas as crianças e adolescentes foram convidados a participar de gestos solidários, no quais foram arrecadados donativos, em benefício de entidades assistenciais. Assim, os estudantes foram condutores do verdadeiro significado da Páscoa, avalia a agente de Pastoral Escolar, Irmã Ivete Costella. “Sair de si, da sua realidade e olhar para o outro, que sofre, com empatia e buscando ajudá-lo: esse é o significado real dessa festa cristã”, explica.  O Lar de Idosos Nossa Senhora da Luz, o Projeto TransformAção em Arte, o Lar da Menina, a Fundação Beneficente Lucas Araújo e a Associação de Recicladores do Parque Bela Vista (Recibela) foram algumas das organizações beneficiadas pela campanha.

Educadores e colaboradores também celebraram

Os educadores e colaboradores das instituições de ensino também foram envolvidos em momentos de espiritualidade, na preparação para a Páscoa. Conduzidos pela cruz e pelo Círio Pascal, educadores, funcionários e gestores da Escola Notre Dame Menino Jesus foram convidados, durante celebração, a observar e a tomar consciência do seu protagonismo no cultivo e na preservação da criação divina – como preconiza a Campanha da Fraternidade de 2017. Para isso, na manhã de sábado (08), os colaboradores encontraram-se na Casa Santa Cruz – espaço para retiros e eventos da Congregação de Nossa Senhora, mantenedora da Rede de Educação Notre Dame.

Em seu amplo jardim, os convidados percorreram cinco estações, nas quais refletiram sobre a diversidade étnica e cultural do povo brasileiro, sobre a importância e a finitude dos recursos naturais, sobre o cuidado e sobre a renascimento. Enquanto isso, assistiam a dramatizações de momentos emblemáticos da paixão e da ressurreição de Jesus Cristo. Afinal, como explicou Irmã Ivete, durante a via-sacra, os participantes pediam a Deus que encontrem, nesta Páscoa, a renovação das suas posturas. “Queremos viver, em comunhão com o povo brasileiro, o cuidado com a criação, especialmente com os nossos biomas, promovendo relações fraternas com a vida e a cultura, à luz do Evangelho”, afirmou.

Já os educadores do Colégio Notre Dame foram envolvidos, entre a segunda (10) e a quarta-feira (12), em um tríduo pascal. Reunidos na Sala dos Professores da instituição, eles refletiram, antes de se dirigirem para as salas de aula, sobre o respeito, a solidariedade e a empatia: valores que, quando exercitados, são capazes de inibir conflitos, de minimizar as diferenças, de ampliar a tolerância, de estimular a generosidade e de promover a tão necessária fraternidade universal.

Depois da preparação, os educadores celebraram a data, na quinta-feira (13). Reunidos na Capela do Colégio e orientados pela diretora escolar, Irmã Elci Favaretto, eles refletiram sobre a morte e a ressureição de Jesus, lembrando que a Páscoa é época de fortalecimento da fé.

 Créditos: Divulgação

Leia Também UPF sedia cerimônia de premiação da Olimpíada Brasileira de Matemática Julho será Mês do Rock em Passo Fundo IMED: escritório modelo elabora projeto de reforma do Presídio Regional Rumo à Jornada de Literatura: lançado aplicativo