Somos um povo sem vergonha

Postado por: Dilerman Zanchet

Compartilhe

Quando vemos os representantes do povo atolados em denúncias de corrupção e as maiores empresas brasileiras envolvidas; Quando vemos o preço de um quilo de peixe custar três ou quatro vezes acima do valor de mercado, deixamos de acreditar na honestidade. Aí passamos a ser sem vergonhas. 

O título deste artigo pode ser considerado pesado. Sim, é pesado. É agressivo. É ofensivo. Mas vamos refletir ao fundo e você, que inicialmente se acha agredido pelo título, verá que ele é verdadeiro em seu contexto. Infelizmente.

Você verá que é sem vergonha, tanto quanto eu e todos os brasileiros, mesmo que inocentemente.

Na quinta-feira Santa, final do dia, fui até um mercado da cidade para comprar uma bandeja de filé de peixe. Aqui no Rio Grande do Sul, um dos mais apreciados e mais saborosos é o filé de tilápia. Pois bem. Entrei no mercado, fui no balcão frigorífico, peguei o pacote e me dirigi ao caixa. Valor para 500 g de filé de tilápia congelada: R$ 23,69. Sim. R$ 47,38 o quilo naquele mercado. O produto é industrializado ali em Santa Catarina. Coloquei duas fotos da embalagem aqui para você comprovar.

Paguei. Não sem antes reclamar com a proprietária do estabelecimento e envolver na conversa um empresário que estava no local.

Sim, tive a opção de não comprar, sair dali e procurar o filé em outro local. Mas eu estava ali. O fato de eu ter comprado não exclui o absurdo da espoliação de preço.

Explico: Em outros locais, peixarias, mercados, pesque-e-pague o preço do QUILO, eu disse quilo, de filé de tilápia não ultrapassa os R$ 30,00. A média que pesquisei foi de R$ 19,00.

É ou não é um roubo? É ou não é a espoliação, a destruição da livre iniciativa, a desinteligência do povo brasileiro como um todo?

É. Minha, por ter me proposto a pagar aquele preço, bem como sei lá quantos outros clientes. E do produtor, industrializador, transportador, atravessador e do mercado em questão, por ter vendo com uma margem superior a cem por cento do que a média praticada na cidade. E sem falar que o custo, conforme conversei com um produtor de peixes, não passa de R$ 7 ou 8 reais.

Então, deixamos o peixe de lado.

A delação da Odebrecht não põe no saco somente os políticos brasileiros. É vergonhosa. Os noticiários televisivos informaram e mostraram os trechos onde os delatores envolveram a representatividade dos brasileiros de Norte a Sul. Vereadores, prefeitos, deputados, governadores, senadores, presidentes estão envolvidos até o pescoço. Ou além dele.

A podridão é geral.

E aí é que entra você, que se considerou injustiçado com o título do artigo.

Você, assim como eu, é sem vergonha por ter votado nesta gente. Por ter acreditado que teu voto poderia melhorar, e aí foi movido pela emoção, pela disputa, pelo convencimento de que poderia fazer a diferença. E fez.

A política brasileira está podre há mais de 30 anos. Todo este tempo e Emilio Odebrecht comprando apoio, licitações, deputados, senadores, presidentes, governadores. Enfim, compra políticos.

E o povo faz como o Lula: Não sabia de nada.

E não somos sem vergonhas?

Se você insiste em não concordar com o artigo, vou continuar comprando filé de tilápia à quase R$ 50 reais o quilo e achar que o país está no caminho certo.

Se for assim, que se dane o Brasil.

Boa Páscoa. Se é que o coelhinho ainda não foi comprado pela propina da Odebrecht.

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito