Começa vacinação da gripe para grupos de risco

Compartilhe
A Secretaria Municipal de Saúde de Passo Fundo iniciou oficialmente o período de imunização para as pessoas que se enquadram nos grupos de risco da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.
A campanha começou ainda no dia 10 de abril, porém, restrita para vacinar apenas grupos de alto risco, como os trabalhadores de saúde, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e instituições de longa permanência. A partir do dia 17 de abril, todos os grupos de risco passam a ser atendidos, como explica o secretário de Saúde, Luiz Artur Rosa Filho. “Na semana passada já foram imunizadas cerca de 5.000 pessoas. Agora, todos que estão incluídos nos grupos de risco devem buscar uma unidade de saúde para receber a vacina”, afirmou ele.
Até o momento, de acordo com avaliação de Luiz Artur, “tudo transcorre em clima de normalidade”. Entre as orientações, é importante que as pessoas procurem a unidade mais próxima de casa, a fim de evitar filas. A vacina está disponível em 27 locais.

TABELA ANEXA - UNIDADES

Os grupos de risco
- Idosos (60 anos ou mais de idade);
- Crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias);
- Trabalhadores da saúde;
- Professores de escolas públicas e privadas;
- Gestantes;
- Puérperas (até 45 dias após o parto);
- Povos indígenas;
- Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
- Adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas;
- População privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

O atendimento
Além das unidades de saúde com sala de vacinação, o Clube Juvenil será parceiro neste ano com a cedência de espaço. Desta forma, no Clube Juvenil o atendimento será de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos demais locais, o funcionamento será no horário normal da unidade, também de segunda a sexta-feira.

População pode agendar vacina em casa para idosos
Criado pela Prefeitura de Passo Fundo para levar a vacina contra o vírus da gripe até a residência de pessoas com 60 anos ou mais de idade, e que tenham dificuldades de locomoção, o Programa Vacinação em Casa retoma suas atividades. Os pedidos de agendamentos já podem ser realizados pelo telefone (54) 3046-0153. O horário de funcionamento do programa é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Este é o quinto ano do programa. Em 2016 foram feitas aproximadamente 2.500 imunizações em casa, de um total de 65 mil doses distribuídas no município.

A campanha
Em 2017, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis, da Secretaria de Vigilância em Saúde, lança a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, no período de 10 de abril a 19 de maio de 2017, sendo 06 de maio, o dia de mobilização nacional. O público-alvo, portanto, representará aproximadamente 60 milhões de pessoas. A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a vacinação.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, estima-se que a influenza acomete 5 a 10% dos adultos e 20 a 30% das crianças, causando 3 a 5 milhões de casos graves e 250.000 a 500.000 mortes todos os anos, no mundo.

(Foto: Fabíola Hauch)





Leia Também Outubro Rosa: Hospital da Cidade promove feira de saúde neste sábado Outubro Rosa: Luiz Carlos Carvalho entrevista a Dra. Daniele Floss Pacientes em tratamento oncológico no HSVP recebem alunos da Fasurgs Toma posse nova secretária municipal da Saúde