Projeto Charão promove Resgate do Pinheiro Brasileiro

Compartilhe

Disseminando a importância do resgate e da proteção do pinheiro, o Projeto Charão do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Passo Fundo (ICB/UPF) realizou uma nova edição do curso “Resgate do Pinheiro Brasileiro”, dessa vez em Minas Gerais. Ministraram o curso os professores Jaime Martinez e Nêmora Prestes, do ICB, a bióloga Andriele Rizzi e Roberto Tomasi, todos integrantes do Projeto Charão.
O curso Resgate do Pinheiro Brasileiro reuniu professores de cinco municípios, Itamonte, Aiuruoca, Alagoa, Baependi e Pouso Alto, cujas áreas estão no entorno do Parque Estadual da Serra do Papagaio, parceiro do Projeto Charão na condução de atividades do Programa Nacional para a Conservação do Papagaio-de-peito-roxo. O Parque é mantido pelo Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais. Além dos professores, o curso contou com a participação de secretárias de educação.
Conforme o professor Jaime Martinez, a partir do curso, cada escola participante conduzirá, em sua comunidade escolar, atividades multidisciplinares, envolvendo várias áreas do conhecimento, tendo o pinheiro-brasileiro como elemento transversal. “Essas atividades irão culminar com a instalação de um pequeno viveiro florestal com a produção de mudas de araucária. Essas mudas serão plantadas em local definitivo em março de 2018”, comenta ele, explicando que, em abril de 2018, os participantes do curso voltarão a se reunir em um seminário para relato das atividades em cada comunidade escolar.

O curso Resgate do Pinheiro Brasileiro tem apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Foto: Divulgação

Leia Também Convênio permite alavancar Projeto Rio Passo Fundo Rio Passo Fundo: expedição percorre nascentes e barragem Visitantes de vários países nos 30 anos do CETAP Rio Passo Fundo: um olhar de sensibilidade e compreensão